2014/11/01

Cientistas querem detectar raios cósmicos com smartphones


Existem tantos milhões de computadores no mundo, que é inevitável pensar em dar uso a toda esta imensa potência de processamento. Há vários projectos que fazem isso, mas agora surge um que pretende usar os nossos smartphones para detectar raios cósmicos.

Embora o campo magnético que rodeia o nosso planeta nos proteja continuamente de perigosas partículas cósmicas, há muitas que colidem com a atmosfera e criam uma autêntica chuva de partículas que os cientistas gostariam de poder detectar. E para isso nada como recorrer aos milhões de smartphones que existem espalhados por todo o mundo - como deseja fazer este CRAYFS (Cosmic RAYs Found in Smartphones).

Embora não tenham sido concebidos para esse efeito, os sensores de imagem das câmaras dos smartphones são capazes de detectar estar partículas como pequenos pontos luminosos. Mesmo não tendo a eficiência que sensores especificamente concebidos para este efeito com muito maior sensibilidade, os cientistas dizem que essa falta de sensibilidade pode ser compensada pela quantidade - sendo que o objectivo é angariar um milhão de voluntários (ou mais) espalhados pelo mundo que permitam recolher uma quantidade de dados que se torne estatisticamente relevante.

Sim, isto implica que a app terá que estar continuamente a recolher dados do sensor de imagem, mas para que isso não se torne num impeditivo a app apenas entrará em actividade quando tiverem o smartphone ligado à corrente - e os únicos dados que são enviados são referentes a possíveis detecções e não fotografias reais. Como bónus: caso adiram ao programa e os dados do vosso smartphone venham a ser usados, serão listados como autores no paper que vier a ser publicado.

A app estará disponível para equipamentos Android e iOS e podem fazer o pedido de adesão no site do projecto.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]