2014/12/30

Para os estúdios de Hollywood internet rápida é sinónimo de pirataria


Os estúdios de cinema parecem estar muito preocupados com o facto do Google disponibilizar ligações à Internet a 1Gbps, pois na sua óptica... isso vai fomentar o aumento de pirataria.

Já sabemos que os estúdios sofrem, infelizmente, de um mal de cegueira selectiva, que faz com que se foquem apenas nas consequências de um problema em vez de se focarem em resolver aquilo que os origina (e que automaticamente resolveria tudo o que daí decorre). Neste caso, a sua principal preocupação é a de que a disponibilização de internet mais rápida vá aumentar a pirataria.

Devido ao tal factor de desfasamento da realidade, os resultados do seu inquérito são rapidamente traduzidos para a única linguagem que parecem entender - a dos dólares - calculando os muitos milhões que este potencial aumento de piratas representaria para as suas perdas projectadas devido à "tal" pirataria (baseado em 37% dos participantes).

O mais caricato é que neste mesmo inquérito estão igualmente disponíveis coisas como 39% dos inquiridos a dizer que dariam mais uso a serviços de streaming pagos; e que 34% optaria por alugar e comprar mais filmes online. Mas isso... são coisas que parecem ficar fora da contabilidade: o que interessa para os estúdios parece não ser aqueles que potencialmente estão dispostos a pagar se lhes derem condições, mas sim aqueles que não querem pagar.

... Talvez se passassem a concentrar-se nos clientes pagadores e a fornecerem melhores serviços (e condições para o seu acesso - incluindo promover acessos à internet mais rápidos; ou ouvir os 20% que justificam o recurso à pirataria como forma de escapar ao DRM) a percentagem de pessoas que diz estar interessada em piratear se fosse automaticamente reduzindo - digo eu!

4 comentários:

  1. eles não devem jogar, compras um jogo online e facilmente passam os 40Gb, ja os filmes que "alugo" na internet raramente passam dos 6. e a internet se mais rapida nao facilita, perde-se é menos tempo xD.

    ResponderEliminar
  2. Ora, pela lógica desses iluminados, o facto de construirem auto-estradas melhores vai fazer com que aumentem os roubos de carros (para irem lá acelerar).
    Já no tempo dos modems de 28kb havia jogos pirateados, que diferença faz ter mais velocidade? saca-se mais depressa... se for mais lenta? deixa-se a sacar durante a noite...
    Será que nunca vão aprender?!?!!?!?
    Facilitem para o consumidor final, baixem os preços. Entre pagar um preço simbólico por um download legal, e ter que andar à procura em torrents com qualidade duvidosa, prefiro a primeira.....ah... espera.... não posso optar pela primeira.
    Pró raio que os....

    ResponderEliminar
  3. Pessoal, vocês não percebem nada, ainda não perceberam que a conversa de direitos de autor, terrorismo, segurança, são tudo manipulações para nos controlarem? A net quando nos foi apresentada pelos nossos donos foi com o intuito, ora pensem nisto que vou escrever, de chegar a um ponto em que todos os livros, música, filmes, etc. vão estar disponíveis em formato digital, numa suposta nuvem, então se algo fugir ou for contra o que os nosso donos querem é fácil de apagar essa informação, é tipo queimar a biblioteca de alexandria :) isto serve para passar leis para depois haver um monte de escravos que as ponham em prática, mais nada, não tem nada haver com direitos de autor, ´the name of the game is control ;)

    ResponderEliminar
  4. Desculpa Mário, mas não resisti...
    http://i3.kym-cdn.com/photos/images/original/000/804/573/f07.jpg

    ResponderEliminar

[pub]