2015/06/18

Tarifário Free em França - para quando algo idêntico em Portugal?


Todos temos interesse em reduzir os gastos mensais ao estritamente necessário, e por isso será interessante ter uma ideia de como os tarifários nacionais de telecomunicações se comparam com o que de melhor se pratica noutros países europeus... nem que seja para sonharmos com a tal coisa do "mercado digital único". Por muito bom que possam considerar o vosso tarifário actual, vejam que tal ele se compara com este tarifário da Free em França.

Não é a primeira vez que falamos das tácticas de preços agressivos da Free (já em 2012 nos deixava desejosos de ter algo idêntico por cá) só que as condições vão ficando cada vez melhores. A Free é um operador que, ao estilo dos nossos grandes, fornece serviço de TV, internet e telecomunicações. Também recorre à técnica de usar as suas boxes como hotspots para criar uma rede WiFi bastante extensa nas áreas metropolitanas, que usa para suportar a sua própria rede de telecomunicações (quando se está com cobertura). Mas... em que é que tudo isto se traduz?

Actualmente, a Free disponibiliza um tarifário gratuito para os seus clientes (2€ para quem não for cliente) em que disponibiliza 120 minutos de chamadas (quando estamos dentro da cobertura da sua rede) para telemóveis em França e telefones fixos em 100 países; SMS e MMS ilimitados; e 50MB de internet 3G/4G. É muito reduzido... mas para oferta gratuita, não há muito que se possa reclamar.

Para quem quer algo melhor, por €15,99 (€19,99 para não clientes), temos chamadas, SMS, e MMS ilimitados, chamadas ilimitadas para 100 destinos internacionais, SMS ilimitados para toda a Europa, e 3GB de dados em 3G, ou 20GB em 3G+4G (a partir desse limite podemos continuar a usar a internet, mas a velocidades reduzidas... sendo que ao menos aqui chamam a coisa pelo nome e não de "ilimitado"!)

E se quiserem um smartphone de luxo para acompanhar o tarifário, a Free também deixa que comprem smartphones como o iPhone 6, LG G4, Galaxy S6, por mais 18€ por mês. Há que fazer uma entrada inicial que varia em função do modelo escolhido; mas que ainda assim é altamente atractiva ao contrário das propostas que os nossos operadores por cá fazem. Por exemplo, um iPhone 6 Plus fica (para além do tarifário) por 18€ x 24 meses + 99€ de entrada = 531 euros.

... Por cá, desafio a que alguém encontre um smartphone subsidiado pelo operador que fique mais barato do que comprar o smartphone fora do operador, e usar o mesmo tarifário que teriam no modelo "subsidiado". (Penso que o nome subsidiado por cá se refere a que sejam os clientes a subsidiar o operador, e não o contrário. ;P)


Possibilidades de termos algo idêntico a estes tarifários Free a curto prazo em Portugal? São reduzidas... afinal, estamos num país onde os operadores ainda se dão ao luxo de oferecer "100 minutos de chamadas *ou* SMS *ou* MMS"... E nem vamos entrar nas considerações de quanto estes 15 ou 30 euros por mês representam proporcionalmente para um ordenado médio em França, face ao que representariam para os ordenados nacionais.

13 comentários:

  1. E então esse tarifário por 3,99€ é que é! ;)

    http://www.zdnet.fr/actualites/free-mobile-casse-a-nouveau-le-prix-de-son-forfait-sur-vente-privee-39821020.htm

    Isto para quem aderir de 18 a 22 de Junho através do site "Vendas privadas"...

    ResponderEliminar
  2. A cobertura da rede é que não é a melhor...

    ResponderEliminar
  3. Mas tem muitos problemas de rede, já estive tentado a mudar, mas ouço muita gente a criticar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, a Free tem ainda algum défice de antenas 4G que consigam cobrir a maioria da população e grande parte do território Francês.

      Porém, acompanho o evoluir de "perto" e note-se que o que não faltam são tentativas de suprir esse défice (comparando-se a cobertura dos operadores de lá) no mais breve espaço de tempo.

      Entre outras tentativas, o grupo já tentou fusões, acelerar as "venda" das frequências em 700Mhz (para 4G) ou até partilha de antenas. O evoluir por si só de uma rede própria em número de antenas é por si só mais moroso, mas também é verdade que o que não parece faltar é poder de investimento ao dono da companhia que vai atualmente em ritmo acelerado e em contra-ciclo com o abrandamento dos concorrentes. :)

      Eliminar
  4. Apenas como um "à parte", notem-se os "estragos" que um operador como a Free pode fazer na concorrência, ou seja, o tarifário que aqui se falou obrigou já há longo tempo a um alinhamento por parte dos outros 3 concorrentes/operadores (Bouygues, Orange, SFR):

    https://www.b-and-you.fr/

    http://shop.sosh.fr/mobile/forfaits-mobiles

    http://red.sfr.fr/forfait-mobile-sans-engagement/offres/forfait-sans-engagement

    Mesmo não sendo nenhum deles tão generosos como a proposta da Free, quem nos dera a nós por cá poder contar com qualquer oferta semelhante. Eu chamo a isto regulação de mercado eficaz e presença de operadores progressistas atentos ás necessidades dos seus clientes.

    Por cá vão-nos tentando impingir tarifários móveis ridículos por 20-30€ mensais com 200MB de Internet e com uma fidelização ou agregação a outros serviços fixos durante 24 meses!. Triste.

    ResponderEliminar
  5. Estive na França em Dez/2017 e no dia 02/12/17 fui até a loja da Free e fiz todo o processo com a ajuda de uma funcionária e disse que queria a assinatura por somente 1 mês, pois ficaria em Paris somente por 7 dias. Paguei, aproximadamente, 10 euros pelo chip e mais 19,99 euros pela assinatura. Para a minha surpresa, na terça-feira (06/02/2018) recebi um email da Free enviando a minha fatura de Fevereiro/2018 e verifiquei na minha fatura do cartão o valor lançado de 19,71 euros. Como faço para eu cancelar a assinatura e pedir o estorno do valor lançado? Grato pela atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, presumo que há algo que não bate certo pois a faturação de 19,71€ não corresponde a um valor previsível de faturação que, a ser aplicada seria de 19,99€ (valor do forfait mobile mensal).

      Além disso, acho pouco provável que tivessem aplicado essa oferta (de apenas um mês), não que não seja possível (já que esse plano tarifário é sem fidelização), mas talvez o funcionário tenha se esquecido de referir que será sempre necessário comunicar a intenção de "rescindir" o contrato caso se pretenda cancelar o serviço.

      Essa rescisão é efetuada (segundo consta no site) somente por comunicação escrita (Lettre Recommandée). Após o envio e recepção da mesma pelo serviço competente, será comunicado ao cliente que a sua intenção foi atendida e que procederão como tal. Porém, há que considerar que só haverá cancelamento do serviço assim que se chegue ao termino do mês corrente de facturação, faltem 3, 29 ou outro qualquer número de dias até ao fim do ciclo.

      Devo dizer que já procedi a um cancelamento de cartão por essa via, tratando-se de um cartão SIM pedido para um colega que depois de o ter ativado nunca lhe deu uso durante 6 meses e para o qual eu próprio estava a pagar as mensalidades (na altura 2,99€/mês felizmente!).
      Para tal, utilizei o serviço de correspondência online da La Poste, o qual permite fazer o upload um de qualquer documento cabendo a estes a sua impressão e distribuição. Teve um custo de cerca de 6€ o que, aliando a comodidade do serviço, pode-se considerar barato.

      Diga-se que até poderia deixar de pagar as faturas desse referido cartão (cancelando o método de pagamento - MBnet neste caso), para o qual a Free iria enviar umas 8/10 mensagens ao longo de +/- 60 dias antes de suspender o serviço definitivamente (tal como ocorreu com outros meus colegas). Contudo,as acho por bem assumir-mos as nossas responsabilidades e além disso, não queria constar em uma hipotética "lista negra" de maus pagadores, já que tenho um cartão SIM da Free pessoal (o qual não largarei certamente).

      Primeiramente, aconselho a que procure mais detalhes acerca dessa faturação, pois algo parece errado. A primeira fatura que eles enviam é sempre de 0€, sendo que as seguintes, apesar de serem mencionadas como a fatura do "mês seguinte" (que ainda não se iniciou) reflete na prática, como lá constatado, o período correto de faturação. ;)

      Eliminar
    2. Boa noite.. se esteve so durante 7 dias, presumo que não tenha residência em França.. como foi possível aderir ao plano sem ter residência ou conta em França? Passo grande parte do mês em frança e já a algum tempo que quero um cartão da free, mas com esses entraves tenho adiado isso..

      Eliminar
    3. Pode ser uma residência fictícia (no caso de adesão em loja ou em borne's automáticos).

      Para o pagamento, basta registar qualquer cartão de crédito (a Free possibilita o pagamento via cartão de crédito ou IBAN ao contrário das demais operadoras que requerem um IBAN).

      Se solicitar via página de Internet da Free ou "www.vente-privee.com" (aquando das usuais campanhas a 0,99€/mês durante 12 meses), pode inclusive associar um MbNet/MbWay para o pagamento das mensalidades.
      Neste caso, dado o cartão ser expedido por correio, convém uma morada conhecida onde possa receber o referido.

      Eliminar
  6. Boa tarde,
    Tenho um cartão da Free, e tem as chamadas e mensagens mas não consigo aceder à internet com os dados moveis em Portugal... Gostava também de saber como posso ver qual o saldo do meu cartão Free.
    Por favor,

    Mónica Pereira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O saldo não é "visível" por assim dizer, dado que se trata de um cartão pós-pago. Acendendo-se à conta (dados recebidos aquando da subscrição), poder-se-à sim visualizar todos os detalhes, incluindo o consumo do período de faturação em curso.

      Normalmente os dados (usando um qualquer smartphone atual), ficam automaticamente disponíveis, pelo que, talvez tenha que permitir os "Dados em Roaming" nas definições do seu equipamento.

      Espero que resolva, no entanto, há outros aspetos que talvez possam estar a impedir a recepção de dados móveis.

      Permita igualmente o acesso ao 4G, já que, atualmente é possibilitado o acesso à rede 4G da NOS, não esquecendo o limite de Plafond de 25GB.

      Eliminar
  7. Tem um cartão de Internet ilimitada em França

    ResponderEliminar
  8. https://pbs.twimg.com/media/EshuM15XMAAVwHQ?format=jpg&name=large

    ResponderEliminar

[pub]