2015/10/21

Meizu faz a OnePlus provar o seu próprio "remédio"


Depois da OnePlus ter lançado uma campanha em que se predispunha a trocar smartphones Samsung pelo seu OnePlus 2, eis que a Meizu aproveita a onda e também faz o mesmo, dizendo que troca os OnePlus 2 pelo seu novo Meizu Pro 5.

Já sabemos que a concorrência no mercado dos smartphones está ao rubro, e muitas são as marcas que adoptam campanhas algo polémicas para promover os seus produtos. No caso da OnePlus isso tem sido bastante frequente, e por isso mesmo não se poderão queixar de agora um concorrente recorrer a tácticas idênticas e que os coloca na sua mira.

A OnePlus deu recentemente início à campanha #TakeTheEdgeOff, em que propõe aos utilizadores trocarem os seus Samsung Galaxy S6, S6 edge, S6 edge+, ou Note5 por um OnePlus 2 (não estou a ver muitos interessados nesta proposta, que só terá como objectivo obter maior mediatismo); e agora a Meizu recorre a técnica idêntica, convidando os utilizadores com OnePlus 2 a trocá-los por um Meizu Pro 5.

Esta campanha nem sequer deixa de gozar com o facto da OnePlus ter optado pelo "escaldante" Snaprdragon 810, dando-lhe o nome de #TurnTheHeatOff. Quanto ao Meizu Pro 5, sem dúvida que se trata de um smartphone de luxo, com ecrã Full HD de 5.7", CPU Exynos 7420 (o mesmo dos Galaxy S6 e Note5), 3GB/4GB de RAM, 32/64GB de flash, câmaras de 21MO e 5MP, e bateria de 3050mAh.

Ainda não se conhecem os preços definitivos, mas deverão andar na ordem dos $439 e $489 (para as versões de 3GB e 4GB respectivamente). O lançamento oficial é esperado para a segunda semana de Novembro.

3 comentários:

  1. Não tenho o OP2 mas deixa-me céptico o suporte da Meizu, não sei se tem updates frequentes ou até desenvolvedores ativos para ROMs alternativas.
    Nesse aspecto não sei se trocaria, teria de pesquisar e saber se valeria a pena a troca nesse sentido.

    ResponderEliminar
  2. A política dos SmartChinesePhones é tipo:
    - "Suporte, garantia, actualizações, para quê?
    De tão barato, compras outro para o ano... ;)"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não será bem assim. O problema é que da china vem os meizu, os xiaomi, os huawei mas também vem os Hammer, os Takee e os HomTom, por exemplo. Acho que há marcas chinesas que até garantem um bom nivel de atualizações, eu por exemplo li que o meu ia ter suporte para o android 6.0, smartphone mid-range deste ano, acredito que hajam marcas mais conceituadas que não vão atualizar o SO de equipamentos lançados este ano. E depois temos as "verdadeiras" chinezises que essas sim, são para esquecer....nas atualizações, no hardware, na qualidade de construção, etcetcetc...

      Eliminar

[pub]