2018/02/26

Exynos 9810 do Galaxy S9 com desempenho limitado?


Os Galaxy S9 vêm equipados com o mais recente CPU Exynos 9810 da Samsung, mas as análises ao seu desempenho têm revelado algumas incoerências que convém serem esclarecidas quanto antes.

Os primeiros testes que tinham sido revelados do Exynos 9810 mostravam que finalmente a Samsung tinha dado um salto de gigante em termos de desempenho, duplicando no Geekbench os resultados obtidos pelo anterior Exynos 8895 e Snapdragon 835 nos testes single-core, sendo também substancialmente superiores ao mais recente Snapdragon 845.


São resultados que foram confirmados pelo site Anandtech, e que fazia antever que - finalmente - a Samsung tinha um CPU capaz de se aproximar dos resultados obtidos pelos chips da Apple neste benchmark, posicionando-se ao nível do A10 da Apple.


Infelizmente, testes adicionais revelaram que o Exynos 9810 do Galaxy S9+ pode também passar para o extremo oposta da tabela, com alguns testes a revelarem um desempenho que não só fica significativamente abaixo do Snapdragon 845... como até fica abaixo dos próprios resultados obtidos pelo Galaxy S8 do ano passado!


A suspeita é a de que este problema não tenha a ver com o chip em si, mas com as afinações que a Samsung fez no sistema a nível de tentar encontrar o melhor equilíbrio entre desempenho e autonomia, provavelmente não passando as tarefas para os núcleos de processamento mais potentes de forma tão frequente quanto seria desejável.

A parte positiva disto é que serão coisas que podem ser ajustadas facilmente por software; mas de qualquer forma a Samsung disse que a sua intenção seria "limitar" o desempenho de forma a que o Exynos 9810 fique ao nível dos resultados obtidos pelo Snapdragon 845... e se isso se vier a confirmar, estará a penalizar os utilizadores de todo o mundo (que não terão acesso ao desempenho total que poderiam ter) apenas para que os utilizadores nos EUA, com o S9 com Snapdragon 845, não fiquem demasiado desmoralizados.

1 comentário:

  1. Prefiro uma bateria com autonomia decente do que um benchmark! No final se o todo o poder de processamento fosse usado o que faria de diferente? tirava fotos 0,5s + rápido? :/

    ResponderEliminar

[pub]