2018/02/26

Samsung apresenta Galaxy S9 e S9+


A apresentação do Galaxy S9 era um dos momentos mais aguardados do MWC 2018, e a Samsung não prolongou o sofrimento dos fãs, optando por fazê-lo no dia anterior à abertura oficial do evento.

Tal como os leaks já tinham revelado, os novos Galaxy S9 e S9+ são quase indistinguíveis dos anteriores S8 e S8+ quando vistos de frente, embora agora sejam ligeiramente mais curtos e um pouco mais largos (talvez mais surpreendente será ver a Samsung a reconhecer que é ridículo tentar espremer a espessura dos smartphones, com o S9 a ter espessura de 8.5mm, face aos 8mm do S8).

[e sim, o S9 mantém a ficha tradicional dos headphones]


Os S9 mantêm os mesmos ecrãs Super AMOLED curvos de 5.8" e 6.2" (2960x1440), agora com o mais recente CPU Exynos 9810 (Snapdragon 845 nos EUA), 4GB de RAM no S9 / 6GB de RAM no S9+, 64GB, microSD até 400GB, IP68, baterias de 3000mAh e 3500mAh, e carregamento wireless. A nível de som a Samsung diz que o S9 é capaz de produzir um volume 40% ao S8, com som "Dolby Atmos". Visualmente, as diferenças notam-se é na parte traseira, onde vemos o sensor de impressões reposicionado para ficar abaixo da câmara - câmara essa que passa a contar com sistema de ajuste de abertura mecânico (f/1.5 ou f/2.4) e que ganha uma câmara dupla no S9+.


A câmara foi uma das grandes apostas para esta nova geração, e a abertura seleccionável (automaticamente ou manualmente) permitirá optimizar a captação de imagens em função das condições de luminosidade. Para além disso, o S9 pode agora gravar vídeo HD em super slow motion a 960fps, com detecção automática de movimento para garantir que se apanha o momento pretendido (e até se pode definir esses vídeos como video wallpaper para o ecrã de desbloqueio).

Também temos melhorias em termos de autenticação, com a combinação dos sistemas de reconhecimento de íris, facial e de impressão digital; novos AR Emoji que vêm combater os animoji da Apple e permitem aplicar as nossas expressões faciais a bonecos animados com base no nosso rosto; e um novo DeX Pad que permite usar o S9 como computador (aproveitando-o como trackpad ou teclado).


Os Samsung Galaxy S9 e S9+ estarão disponíveis a partir de 16 de Março de 2018 nas lojas físicas e serão vendidos nas cores Preto Meia-Noite, Azul Topázio e Rosa Púrpura. Os preços indicados são de 869.90 e 969.90 euros respectivamente, havendo também uma campanha de pré-compra que pode dar até 400 euros na troca de um telemóvel antigo (valor variável em função dos modelos) e dar acesso ao S9 até 7 dias antes do lançamento oficial.




P.S. Podem ver aqui um infográfico comparativo dos S9/S9+ com os S8/s8+.

4 comentários:

  1. Mais uma coisa que aprenderam com a Apple, manter o desenho e actualizar uma coisa ou outra...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. bem que o design do iphone se mantem uma bosta até hoje (exceptuando o X)

      Eliminar
  2. Não justifica o investimento maluco. Só mesmo para quem não tem q fazer ao dinheiro. As diferenças são muito pequenas.

    ResponderEliminar

[pub]