2018/03/09

Android mantém-se à frente do iOS na fidelidade dos utilizadores


A constatação de que é cada vez mais difícil mudar de plataforma fica confirmada com um estudo que revela a elevada taxa com que os utilizadores permanecem no Android / iOS, com uma ligeira vantagem nos Android.

Segundo um estudo da CIRP (Consumer Intelligence Research Partners) referente aos dados dos consumidores nos EUA, no momento de trocarem de smartphone 91% dos utilizadores Android voltam a comprar um equipamento Android, contra 86% que o fazem com equipamentos iOS. Em ambos os casos são valores elevados que demonstram que afinal, por muito descontente que se possa estar com algumas coisas nas respectivas plataformas, se continua a ficar do lado "já conhecido".

Claro que para isso também contribuirá o investimento que vai sendo feito ao longo dos anos e que tornará cada vez mais complicado o processo de mudança para a plataforma alternativa: quem já tiver comprado umas dezenas de apps ficará muito menos predisposto a mudar, sabendo que terá que voltar a fazer novo investimento - e nesse caso, há que dar vantagem aos serviços que podem ser usados em qualquer uma das plataformas (por exemplo, um Spotify ou Netflix poderá ser usado em qualquer lado, independentemente de terem um Android ou iPhone) - o que também nos levaria a entrar no campo que favoreceria as "web apps"... mas isso seria outro assunto.



Também curioso, segundo estes estudo da CIRP, é verificar que até Junho de 2014 o iOS mantinha-se à frente do Android em termos de fidelidade no momento de comprar um novo dispositivo, mas o iOS perdeu terreno numa altura em que o Android conseguiu ir conquistando os seus utilizadores até superar os 90%. Ao longo deste último ano as percentagens, em ambos os campos, têm-se mantido bastante estáveis e com uma ligeira tendência para subirem... pelo que parece que, de um lado e de outro, a esmagadora maioria dos utilizadores se sente satisfeito com os smartphones que tem.

5 comentários:

  1. É facil entender porquê. A apple não tem propriamente inovado e o hardware não é propriamente nada de especial face aos Androids.

    O que mantem os clientes da apple seguros ao iPhone é o iOS. O que faz que a "taxa de ser iOS" seja estupidamente cara e injustificável.

    Para não falar que está cada vez mais a ficar com o lag de features em relação ao Android. Muitas coisas que chegam ao iOS chegam anos depois do Android.

    Sendo assim, para quê ser fiel?
    Salvam os updates.

    ResponderEliminar
  2. O factor preço pesa muito. Quem tem Androids de 100, 200 ou 300 euros e não quer/pode gastar mais nunca vai mudar para iOS porque não há equipamentos iOS para o seu bolso.
    Por outro lado, em termos absolutos há muito mais gente a mudar de Android para iOS do que o contrário, mas isso já era de esperar tendo em conta as quotas de mercado de cada um.

    ResponderEliminar
  3. O tão badalado "ecossistema"...

    Este vídeo deveria passar a ser obrigatório para todas as pessoas que pensam em adquirir aparelhos (muito) dependentes de um único "ecossistema":
    https://www.youtube.com/watch?v=KB4_WIPE7vo

    ResponderEliminar
  4. O factor preço é incontestável para a decisão.

    ResponderEliminar

[pub]