2018/03/16

Produtos da Semana

A nossa rubrica de Produtos da Semana agrupa uma lista de produtos e notícias que vamos compilando ao longo da semana e que achamos que será do interesse geral.

TP-Link lança o novo extensor de rede Wi-Fi RE205



A TP-Link lançou o novo extensor de rede Wi-Fi RE205.

Este dispositivo foi projectado para transmitir o sinal sem fios da rede para qualquer parte da casa ou escritório, eliminando assim as zonas mortas, minimizando a interferência e garantindo uma cobertura Wi-Fi completa e confiável. Além disso, o RE205 permite ao utilizador ter mais dispositivos conectados ao mesmo tempo, operando a 300Mbps na banda de 2,4 GHz e a 433 Mbps na banda de 5GHz; e mesmo ter Wi-Fi de ambas as bandas, mesmo que uma delas falhe, graças à função de link de backup, que copia a banda de 2,4 GHz e 5GHz ao mesmo tempo. Equipado com uma luz inteligente, o que torna mais fácil para o utilizador encontrar a melhor localização para o instalar rápida e facilmente, o RE205 é mais do que um extensor de rede sem fios. Com a conexão de um cabo Ethernet, facilmente se converte a sua rede por cabo numa rede sem fios de banda dupla em que este equipamento funcionará como ponto de acesso.

O extensor Wi-Fi RE205 já pode ser comprado com preço recomendado a partir de 53 euros.


Sony lança projector portátil



A Sony anunciou a chegada do projector ultraportátil MP-CD1 à Europa, na primavera deste ano.

Cabendo facilmente na palma da mão, o MP-CD1 consegue projectar conteúdos de até 120 polegadas a uma curta distância de, aproximadamente, 3,5 metros. Este projector verdadeiramente versátil, de apenas 280 g, transforma de forma instantânea qualquer superfície num ecrã de grandes dimensões e funciona quase em total silêncio, tornando-o perfeito para apresentações profissionais em movimento, jogos, eventos ao ar livre e noites de cinema com a família. O design único do projector permite-lhe diminuir o calor, enquanto mantém um brilho elevado, num factor de forma compacto e reconhecido com um iF 2018 Design Award. Com uma taxa de ANSI de 105 lúmenes e uma bateria incorporada de 5000 mAh, os utilizadores podem projectar imagens nítidas e brilhantes durante um tempo máximo de projecção de duas horas. O tempo de utilização pode ser prolongado através do carregamento do projector via porta USB-C standard, mesmo durante a sua utilização, eliminando assim a necessidade de transportar um transformador de CA específico que pode ser facilmente esquecido. Se necessitar de utilizar o projector ao ar livre, o MP-CD1 pode ser facilmente carregado a partir de um powerbank portátil.

O MP-CD1 estará disponível na Europa em Abril de 2018, a um preço aproximado de 400 euros.


AOC anuncia nova linha de monitores: P1 Series



O especialista em monitores AOC acaba de anunciar o esperado sucessor do 75 Series, orientado para o mercado profissional, os novos monitores da P1 Series.

Os monitores P1 Series estão equipados com todos os inputs comuns, entradas padrões VGA e DVI, DisplayPort (versão 1.2) e entradas HDMI. Seja um portátil antigo com uma única entrada VGA, ou um computador com múltiplas saídas DisplayPort, os P1 Series estão preparados para receber sinais display de diferentes fontes. A versatilidade não termina por aqui: USB 3.0 hub embutido (nos modelos 22P1, 24P1, X24P1, 27P1 e Q27P1), muitos dos dispositivos que existem no local de trabalho podem ser conectados diretamente ao monitor, usando estas entradas acessíveis existentes. Os monitores P1 Series vêm com um suporte ergonómico extremamente flexível, de 130mm (no de 21,5") ou de 150mm (nos monitores de tamanho 23.8" ou mais) de ajustamento de altura, giratórios de -175/+175, e opções de inclinação de -5 / 35º. A função de pivot de 90º é bastante útil para edição de textos e paginação, programação e formatos verticais semelhantes. Para aliviar a tensão nos olhos do utilizador, os monitores da P1 Series estão equipados com a tecnologia Flicker-Free, regulando a backlight através do Sistema DC (direct Current) em vez de PWM (Pulse Width Modulation), e com o modo Lowblue Light, que reduz os componentes de comprimento de onda azuis potencialmente nocivos para os utilizadores.

Os monitores de 21.5", o 22P1D e o 22P1, têm um preço de venda recomendado de 159 e de 189 euros, respectivamente, e estarão disponíveis em Maio de 2018. Já o modelo 24P1 tem um preço de venda recomendado de 209 euros, o X24P1 de 279 euros, o 27P1 de 299 euros e o Q27P1 de 349 euros. Estes modelos estarão disponíveis em Junho de 2018.


Estabilizador para câmaras mirrorless MOZA AirCross



A Gudsen Technology apresentou o seu novo estabilizador (ou "gimbal") exclusivo para câmaras mirrorless, o MOZA AirCross.

Entre todos os estabilizadores da MOZA, o AirCross foi especialmente concebido para as câmaras mirrorless mais leves de até 1,8 kg de peso. O MOZA "thumb controller" é um dispositivo que funciona como controlo remoto até uma distância de 50 metros. É totalmente compatível com o MOZA AirCross e controla tanto a câmara como o estabilizador. Comece e interrompa a gravação através do botão start/stop, ajuste a focagem, controle a direção do "gimbal" e modifique diferentes parâmetros. Adicionalmente, graças à função "mimic motion", o MOZA AirCross actua por imitação. Pode girar, rodar ou descentrar o "thumb controller" e o "gimbal" seguirá todos esses movimentos. Dentro do guidão do Moza AirCross foram instaladas três baterias que permitem sessões de gravação de até 12 horas. Através de uma ligação pela porta DC, as baterias podem administrar energia a todas as câmaras Sony e Panasonic mirrorless e através da porta V (instalada no guidão) é possível engatar uma bateria externa. As baterias e a fonte externa fornecem energia tanto ao "gimbal" como à câmara e permitem recarregá-los enquanto grava.

O MOZA AirCross está disponível em Março com um preço recomendado de 419 euros. A versão com "thumb controller" tem um preço de venda recomendado de 539 euros.


Auscultadores de referência Focal Clear



A Focal apresentou a sua nova criação com vista ao som absoluto: os novos auscultadores de referência "Clear".

O design dos Clear, muito além das avançadas tecnologias neles implementadas, incorpora uma cúpula em liga invertida de alumínio / magnésio em perfil "M", que preserva a largura e dinâmicas dignas das melhores colunas de alta fidelidade. Este design arrojado mantém ainda o realismo da reprodução sonora: almofadas de ouvido microperfuradas e a forma da bandolete em couro tornam o conjunto leve e confortável. A sensação ao usá-los é de que estamos a ouvir a partir de uma divisão e não através de auscultadores. Os Clear estão equipados com um driver de coluna de nova geração desenvolvido pela Focal. Uma bobina de cobre sem moldura com um diâmetro de 25,5 mm e altura de 5,5 mm foi também desenvolvida. A utilização do cobre confere à bobina um campo magnético extremamente forte, o que resulta num som que respeita por completo as dinâmicas do sinal áudio. Os Clear, além da robusta bolsa de transporte, incluem três cabos para utilizar com todos os tipos de equipamentos: 1 x 1,2m com ficha de 3,5mm para ligação a dispositivos portáteis de qualidade audiófila; 1 x 3m com ficha de 6.35mm; 1 x 3m com conector XLR de 4 pinos. Em qualquer dos casos, os cabos são constituídos por cobre de baixa resistência 24 AWG OFC, com bainhas trançadas de algodão.

Os auscultadores Focal Clear estão já disponíveis em Portugal através do seu representante oficial, a Esotérico, e têm um preço de venda sugerido de 1.500 euros.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]