2018/04/15

Como funcionam os sensores de imagem nas câmaras?


Captar uma foto ou um vídeo com um smartphone tornou-se tão banal que já nem sequer se dá valor à alta-tecnologia que se esconde por trás dessa capacidade, mas hoje vamos espreitar como é que isso se tornou possível.

Tal como hoje em dia ninguém se preocupa como funciona o motor de um carro (desde que funcione) e não faz ideia de que noutros tempos era necessário ter um "chauffeur" que era o responsável por pôr o carro a funcionar e aquecer o motor; o mesmo acontece com muitas outras maravilhas da tecnologia que se assumem como adquiridas: os ecrãs LCDs, a localização GPS, e... os sensores de imagem.

Noutros tempos, captar uma imagem era algo que implicava ter uma máquina fotográfica por perto (e com rolo), usar o rolo até ao fim, enviá-lo para revelação (o que poderia demorar vários dias)... e no final, esperar que a foto que se queria não tivesse acidentalmente saído com um dedo à frente da lente.

A tecnologia para a captação de imagens de forma digital é algo relativamente recente... e quem se interessar por essas coisas deverá espreitar o vídeo que se segue, que nos leva nessa viagem e nos explica o funcionamento dos sensores CCD e CMOS - sendo estes últimos os responsáveis por se ter câmaras nos smartphones.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]