2018/04/07

Facebook diz que vai permitir eliminar mensagens enviadas a todos os utilizadores


Mark Zuckerberg e o Facebook devem andar completamente desnorteados nesta altura, chegando ao ponto de tentar disfarçar a eliminação das mensagens de Zuckerberg com a desculpa de que isso será uma funcionalidade que estará disponível para todos!

Nos últimos dias descobriu-se que as mensagens antigas enviadas por Mark Zuckerberg estavam a desaparecer misteriosamente da inbox de quem as tinha recebido. Algo que foi feito sem qualquer explicação nem justificação, e que obviamente fez soar alguns alarmes - e a suspeita de que Zuckerberg poderia ter dito algumas coisas "interessantes" que prejudicariam o Facebook nesta fase em que está a ser analisado ao microscópio para saber que tratamento dá aos dados dos utilizadores.

O que não se esperava é que a tentativa de desculpar esta acção fosse ao ponto de dizerem que não é uma coisa assim tão grave porque na verdade trata-se de uma funcionalidade que irá estar disponível para todos os utilizadores.

... Quase que seria uma boa desculpa... se logo a seguir não dissessem que afinal ainda irá demorar vários meses até que essa funcionalidade fique disponível (o que põe em causa a desculpa de que era algo pensado de início para ser usado pelos utilizadores - pois para ser usada por Mark Zuckerberg, afinal já estava pronta e disponível). E, como se servisse de atenuante, dizem que até a funcionalidade ficar publicamente disponível, não irão ser eliminadas mais mensagens de Mark Zuckerberg ou de outros "chefes" do Facebook. (Pois não... o que queriam eliminar já foi eliminado...)

Enfim, começa a ser cada vez mais preocupante o que se passará nos bastidores do Facebook. Uma coisa seria querer apagar mensagens comprometedoras (é compreensível, embora não desculpável), outra coisa é tentar desculpar isso com um argumento de que todos irão poder fazer o mesmo... daqui por uns meses.

1 comentário:

  1. Vai apagar apagar, ou dizem apenas que vai dar para 'apagar'?

    Cá para mim eles e as autoridades (polícia, tribunais e secretas) continuam a ter acesso às mensagens.

    ResponderEliminar

[pub]