2018/05/16

Revolut já envia e recebe dinheiro das pessoas por perto


O Revolut vai ficando cada vez mais funcional para os utilizadores, e agora facilita o processo de transferir dinheiro entre utilizadores próximos.

Fazer pagamentos entre amigos é fácil, uma vez que os temos na lista de contactos. Mas as coisas podem complicar-se quando se trata de um simples conhecido - por exemplo, para efeitos do pagamento parcial de um almoço em grupo. Para evitar que se tenha que adicionar a pessoa à lista de contactos quando não há interesse nisso, temos agora uma nova funcionalidade que detecta outros utilizadores Revolut por perto.

O sistema usa a geolocalização para identificar utilizadores que estejam a dar uso à mesma funcionalidade no mesmo local, fazendo surgir no ecrã da app o nome dos que estiverem por perto, sem necessidade de se saber qualquer dado extra sobre eles.
O facto de também os destinatários terem que aceder à funcionalidade Near Me em simultâneo ajudará a reduzir os casos em que poderemos ver na lista um enorme grupo de pessoas que não são exactamente as que pretendíamos (por exemplo, outro grupo a fazer pagamentos no restaurante ao lado), mas é certo que isso poderá acontecer... (Diz a lei de Murphy que teremos um grupo de 10 pessoas na mesa ao lado também a dividir a conta via Revolut!)

Ainda assim, é uma funcionalidade sempre simpática e bem vinda, e que nos mostra como a tecnologia "complicada" pode e deve ser utilizada, para nos facilitar as coisas do dia a dia, sem que resulte em nos dar mais chatices.

9 comentários:

  1. Isto do Revolut é o quê, mesmo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes considerá-lo um cartão de débito, sem custos (se nao optares pelas modalidades pagas) e com condições mais vantajosas para quem tem que lidar com diferentes moedas (pagamentos em libras, dólares, euros, etc.)

      Eliminar
  2. Acho que mais simples utilizar um código QR ou NFC. E também menos problemático a nível de segurança e privacidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NFC: nem todos os smartphones têm
      QR codes: pode ter mais privacidade, mas não tão conveniente e intuitivo (imagina 20 pessoas a terem que "scannar" o código QR code de uns ou outros)... em comparação com lhes aparecer as pessoas numa lista "automagicamente".

      Eliminar
    2. Assumindo que a conta foi paga por uma pessoa seria 20 pessoas a scannar o código de uma única pessoa :P Mas sim, tens razão, pode dar origem a confusão. Ainda assim podia ser uma alternativa a quem não gostar de que o seu nome e localização apareçam no telemóvel de estranhos.

      Eliminar
  3. Pode-se usar uma simples chave temporária (gerada ou introduzida por um utilizador) aliada (ou não) à funcionalidade da localização. Seria fácil de transmitir oralmente para toda "a mesa". Pergunto-me porque não foi considerado.

    ResponderEliminar
  4. simplificar está o mbway. creio que vai ser difícil ultrapassar.

    ResponderEliminar

[pub]