2018/05/07

Xiaomi duplicou as vendas no 1º trimestre

Num mercado cada vez mais saturado e onde tem sido difícil aumentar as vendas, a Xiaomi mostra o resultado extremamente positivo da sua aposta, com um crescimento superior a 100%.


A Canalys, empresa que se dedica às análises de mercado, acaba de publicar o seu relatório sobre o mercado dos smartphones referente ao primeiro trimestre de 2018. O grande destaque deste estudo vai para a Xiaomi, que registou um crescimento de 116%, face ao resultado obtido no período homólogo de 2017.

No que diz respeito ao top 5, não se registaram alterações na ordenação. A Samsung manteve o primeiro lugar nos envios para o retalho, embora com um crescimento bastante reduzido na sua quota de mercado, passando de 22,9% em 2017, para 23,6% em 2018. A Apple está no segundo lugar, com 15,5%, seguida da Huawei, com 11,7% e uns interessantes 13,8% de crescimento, registando o maior aumento  entre as marcas nas primeiras três posições.

No entanto, é a marca seguinte que se destaca. A Xiaomi pulverizou todas as restantes marcas ao registar um crescimento de 116%, passando de uma quota de 3,7%, para 8,4% em 2018. Um facto que adquire ainda maior importância quando se está numa fase em que se tem assistido a uma redução drástica do crescimento neste segmento, atingindo-se um ponto de saturação do mercado.

Outra situação interessante relativamente à Xiaomi, prende-se com o facto de, dos 28,1 milhões de smartphones, mais de metade (57%) ter sido enviados para fora da China. Este resultado exemplifica bem a importância que os mercados Ocidentais e Indiano têm para a Xiaomi, marca que consegue cada vez mais captar o público que procura um smartphone com boas especificações, a preço "simpático".

Seguramente que estas movimentações não irão passar despercebidas às restantes marcas, que rapidamente deverão reajustar as suas estratégias para o futuro.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]