2018/06/24

Galaxy S10 vai trocar scanner de íris por câmara 3D


Depois de ter ido mais longe no reconhecimento facial com um scanner de íris, a Samsung parece reconhecer que será melhor apostar noutros sistemas para o futuro.

Aplicar o reconhecimento facial para desbloquear smartphones não é nada de novo, mas esses sistema desde cedo foi criticado por poder ser facilmente enganado, com uma simples foto impressa. Para dificultar isso a Samsung aplicou um scanner de íris, que proporciona resultados mais fiáveis (mas que ainda assim pode ser enganado)... e agora que há cada vez mais marcas a seguir as pisadas da Apple adoptando uma câmara frontal 3D para reconhecimento facial mais eficaz, também a Samsung se prepara para fazer o mesmo.

Segundo os últimos rumores, a Samsung irá utilizar uma câmara frontal 3D no próximo Galaxy S10 abdicando da câmara de leitura da íris (câmara essa que também já recorria a um iluminador IR).

Não menos curioso é que a Samsung não parece ter vontade de apostar exclusivamente nesse sistema, e  por isso o Galaxy S10 também deverá contar com um sensor de impressões digitais integrado no ecrã - algo que também já tem sido feito por alguns fabricantes.

Será inevitável que a Samsung seja mais uma vez acusada de copiar a Apple - mas de uma forma ou de outra, daqui por mais um par de anos saberemos se foi boa opção manter as impressões digitais, ou se teria sido bastante mais simples e económico apostar desde já, de forma exclusiva, no reconhecimento facial 3D para autenticação, e dizer adeus às impressões digitais.

1 comentário:

[pub]