2018/08/10

Chrome 69 preparado para ecrãs recortados e funcionar como media player


Os ecrãs recortados podem ser uma tecnologia de transição para os ecrãs 100% completos, mas até que se tornem desnecessários será preciso lidar com eles e é precisamente isso que o próximo Chrome 69 aprenderá a fazer.

Podendo chegar já no próximo mês, uma das novidades do Chrome 69 será o suporte para smartphones com ecrãs recortados, o que já se poderia esperar considerando que essa é também uma das novidades do recém-lançado Android 9 Pie. Em vez de se limitar a desperdiçar o espaço onde se encontra o recorte de ecrã, o Chrome 69 será capaz de aproveitar totalmente o ecrã, incluindo as secção "não-recortadas".


Outra novidade curiosa é que a Google parece querer que o Chrome se torne no media player para os equipamentos com Android Go, surgindo como sugestão quando se tentar reproduzir um vídeo ou música. Algo que não deixa de fazer sentido, considerando as capacidades do browser e a necessidade de poupar o máximo de recursos nos equipamentos mais "limitados" com Android Go. É algo com o qual me posso relacionar, pois deixei de usar visualizadores de PDF a partir do momento em que o Chrome os começou a mostrar nativamente...

No Chrome para Windows e Mac também teremos reprodução de vídeo "picture-in-picture", permitindo ver um vídeo flutuante enquanto se visitam outros sites. E o gestor de downloads também sofrerá alterações, com um botão de pesquisa e opções de ordenação por diversos critérios, para facilitar encontrar aquilo que se deseja.

É também esperado que esta versão do Chrome deixe de desperdiçar espaço apresentando os sites HTTPS com a indicação seguros", passando a gastar espaço apenas para os "inseguros" - e dando mais um passo na promoção de que todos os sites adoptem o HTTPS.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]