2018/08/22

Facebook começa a contabilizar reputação de cada utilizador


O Facebook é conhecido por acumular e inferir centenas de parâmetros sobre cada utilizador, e agora passa a incluir mais um: o seu grau de confiança e reputação.

O problema das "fake news" é difícil de combater, mas o Facebook espera que a criação de um sistema de reputação para os utilizadores possa contribuir para isso. A ideia será identificar utilizadores que podem ser considerados de confiança face a outros cujo comportamento seja mais duvidoso, e esta classificação não deixa de considerar a possibilidade de um utilizador ser visado por muitas queixas de conteúdos "falsos" apenas por não concordarem com ele.

Por isso, um utilizador poderá manter uma reputação elevada neste sistema, se mesmo perante um volume elevado de queixas, se comprovar que está apenas a publicar coisas verdadeiras, mesmo que sejam polémicas ou indesejadas por quem delas discordar. Pelo menos, será essa a intenção, já que novamente se trata de um sistema sobre o qual o Facebook não dá grandes detalhes, e que não se sabe muito bem como é que será utilizado.

... Mas desde os tempos em que o Facebook começou a pedinchar que se pagasse para que as coisas que se publiquem chegassem aos próprios amigos (senão, arriscamos-nos a que apenas uma pequena percentagem deles veja as coisas publicadas) que isso acontece, pelo que a escolha do que se pode ou não pode ver, há muito que está nas mãos do Facebook.

2 comentários:

  1. Vão começar a cobrar pela melhoria da reputação...
    Reputation improvement: 5€/moth per decimal point. :)

    ResponderEliminar

[pub]