2018/10/15

IRC celebra 30 anos de "dd tc? m/f?"


O IRC, que ainda hoje é chamado por muitas pessoas de "mIRC" por conta do popular programa, está a celebrar o seu 30º aniversário, fazendo revisitar velhas memórias de como era a internet no século passado.

O IRC (Internet Relay Chat) foi criado por Jarkko Oikarinen em 1988 na Universidade de Oulu na Finlândia, procurando ser uma solução mais eficiente para permitir a comunicação entre pessoas - inicialmente com ambição de o expandir e tornar numa plataforma capaz de substituir os sistemas de gestão das BBS de então, mas que acabou por se ficar pela parte da comunicação em tempo real. Poderia ter sido mais um dos muitos sistemas que ficaria perdido na História da Informática, mas tendo sido disponibilizado como open-source fez com que viesse a tocar a vida de centenas de milhões de pessoas ao longo das décadas...

Para quem nunca ouvir falar do IRC ou do mIRC, trata-se de um sistema bastante simples que permite conversar através de mensagens escritas, entre utilizadores directamente ou em salas de discussão. É algo que muitas outras plataformas actuais replicam, mas que não deixarão de ser equiparadas ao IRC por quem o tiver utilizado.



Em muitos casos, o IRC foi a forma mais evidente de ver e falar com outras pessoas na internet, sendo à sua custa que muitas amizades (e paixões) se formaram. Sendo prática comum passar muitas noites em alguns dessas salas, que frequentemente podiam atingir muitas centenas ou até milhares de utilizadores, no caso dos canais mais populares cá em Portugal.

Era uma comunidade onde se criaram vários rituais, como o célebre "dd tc? m/f?" utilizado no início das conversas, para perguntar à outra pessoa de onde "teclava" e se era homem ou mulher (esperando-se que a resposta não fosse mentira). A par da resposta habitual a todos os recém-chegados que pediam para ser "op" do canal (estatuto que permitia silenciar ou até expulsar utilizadores), onde lhes era dito que podiam ficar com "op" se carregassem nas teclas ALT+F4... combinação que fechava o programa, e que quase sempre era acompanhado pelo riso dos restantes utilizadores assim que surgia a mensagem de que o utilizador "X" tinha acabado de sair devido a esse encerramento inesperado (nota: atenção que por culpa da tradição, esta combinação ainda hoje encerra o programa actual no Windows! :)

Embora tenha perdido protagonismo devido à popularização de outras plataformas de comunicação  como o WhatsApp, o IRC continua a manter uma saudável base de utilizadores (e o mIRC também). Aliás, é bem provável que, tal com já aconteceu com outros serviços, o IRC ainda continue por cá muito depois de serviços como o WhatsApp ou Slack deixarem de existir... :)

1 comentário:

[pub]