2018/10/15

Benchmarks do Intel Core i9 9900K rectificados sem penalizar CPUs AMD


O infeliz caso do benchmark patrocinado pela Intel que prejudicava deliberadamente alguns CPUs da AMD está agora a ser corrigido, com a publicação de novos valores que continuam a dar vantagem à Intel mas com uma margem mais reduzida.

O problema estava numa opção "game mode" que a Principled Technologies deixou activada e que beneficia alguns dos CPUs da AMD, mas que prejudica seriamente o Ryzen 2700X. Com os resultados rectificados (pdf link) temos casos de jogos onde não se assiste a alterações significativas, mas há outros onde isso se faz notar e bem: em jogos como o Assassin's Creed Origins a vantagem de 42% do Core i9 face ao CPU da AMD cai para 12% - não se podendo esquecer que estamos a falar de um CPU que custa metade do que custa este novo Core i9.



Tal como dissemos na altura, o novo Core i9 9900K da Intel é ainda assim suficientemente rápido para vencer os benchmarks apresentados sem que tivesse sido necessário fazer batota... pelo que será de esperar que tenha sido mesmo um infeliz lapso da Principled Technologies.

Resta agora deixar que sejam os consumidores a decidir se justifica comprar um CPU que custa o dobro, para obter vantagens que se ficam pelos 5 a 30% (com o CS:GO a ser o único onde se chega aos 48%).

4 comentários:

  1. Para mim não justifica , não jogo e depois não sei se em termos de FPS estas diferenças se vão fazer notar , a Intel precisa de começara a produzir muito rapidamente cpus com 10 e depois 7 e já vai muito atrasada em relação as arquitecturas ARM , de outra forma não vamos ter progressos evidentes , vamos ter um cpu a aquecer muito mais e com consumos energéticos disparatados , e vamos ver se não vamos ter com este cpu o mesmo problema que a Apple teve precisamente com o Intel em que o aquecimento relegava um equipamento super caro e de topo para as prestações de um I5.

    ResponderEliminar
  2. Carlos atenção que as configurações de memória ainda não eram as optimas assim como acontecia com o intel. Outro factor importante é o cooler que na intel foram buscar um todo xpto e no AMD usaram o que vinha na caixa que apesar de ser bom não é tão eficiente como o usado no Intel.
    Com estas duas alterações estima-se que a diferença seja ainda menor.

    ResponderEliminar
  3. Não acredito que isto não tenha tido um "dedo" da Intel. E digo isto, pois duvido que seja fácil justificar o preço de 500USD, quando a AMD teria um CPU equivalente por menos 200USD.

    Em grande parte dos jogos, o 8700K tem um desempenho um pouco acima do 2700X, e ninguém certamente colocaria em causa o desempenho do 9900K. Triste é estares a ganhar e mesmo assim fazeres batota.

    ResponderEliminar

[pub]