2018/11/11

Carro autónomo da Waymo teve acidente por culpa do condutor


Os acidentes envolvendo carros autónomos da Waymo têm sido raros, mas infelizmente houve mais um caso... em que a culpa voltou a ser dos imprevisíveis humanos.

O acidente deu-se quando um carro que seguia na via à esquerda fez uma manobra abrupta que fazia pensar que iria colidir com o veículo autónomo, levando o condutor humano no carro da Waymo a reagir e a desviar o carro para a via mais à direita. Infelizmente, no processo não reparou que um motociclista tinha acabado de mudar também para a mesma via, resultando numa colisão.

Embora seja um caso infeliz, é um incidente curioso porque revela precisamente um acidente típico que, teoricamente, deveria ser evitado por um veículo autónomo - e de facto assim seria, se o condutor não tivesse tomado o controlo do carro. A Waymo replicou a situação nos seus simuladores, usando a informação captada pelos sensores do carro, e comprovou que o seu automóvel teria sido capaz de evitar o acidente.

O sistema estava a par tanto da manobra do outro automóvel (que já estava marcada como "perigosa", como do motociclo. Se o condutor humano não tivesse interferido, o carro teria ajustado a velocidade e movendo-se ligeiramente na sua via, sem passar para a da direita, manobra que teria sido suficiente para evitar qualquer colisão.


... Começamos a chegar a um ponto em que será melhor confiar nos carros do que nos instintos do condutor? Pelo menos, se não tivesse feito nada, tinha sempre a desculpa "a culpa foi do carro!"

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]