2018/12/23

Logitech remove acesso local do Harmony Hub - mas volta a implementá-lo após reclamações


Servindo como mais um episódio de alerta para o risco de se utilizar equipamentos que não se controlem completamente, a Logitech pregou um grande susto aos utilizadores dos seus controlos remotos programáveis, ao remover o acesso local que - para muitos utilizadores - era a funcionalidade que lhes interessava.

Ente a comunidade de pessoas que pretende ter uma casa mais inteligente, existe o consenso / bom senso de que nunca será boa opção ter serviços dependentes da cloud a não ser que seja estritamente necessário. Nesse grupo incluem-se as funcionalidades de "controlo remoto" disponibilizadas através do hub Harmony da Logitech.

Infelizmente, numa actualização recente marcada apenas como sendo de "segurança", a Logitech cortou o acesso local ao hub, deixando os utilizadores desesperados - e o caso torna-se ainda mais absurdo, uma vez que sem esta forma de acesso directo, muitos utilizadores nem sequer podem ter vários hubs associados às suas contas, tornando-os completamente inúteis; isto para não falar do atraso que implica enviar os comandos através de serviços que têm que ir "à cloud", embora estejam a ser feitos localmente.

A polémica foi de tal ordem que a Logitech acabou por reconsiderar, e agora diz que irá continuar a permitir o acesso local (mas em modo "beta") - mas seguramente não dará qualquer conforto a quem ainda se lembrar do que aconteceu com o Harmony Link. Daí que não seja de surpreender que a grande recomendação para quem quiser uma casa inteligente "a longo prazo" deva dar prioridade absoluta a dispositivos e sistemas que estejam sob o seu controlo, ou que sejam suficientemente genéricos de forma a permitir a sua fácil substituição por produtos de outros fabricantes (ou até criados pelo próprio utilizador) em caso de necessidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]