2019/01/12

Huawei vai bloquear launchers alternativos no EMUI 9 internacional?


O Android tem na sua flexibilidade e versatilidade dois dos principais argumentos deste sistema operativo, mas a Huawei poderá estar prestes a limitar essa flexibilidade, impedindo os utilizadores de utilizarem launchers alternativos nos modelos com EMUI 9.

Há relatos de que a Huawei poderá estar prestes a bloquear a utilização de launchers alternativos nos smartphones com o nova EMUI 9, algo que, a confirmar-se, replicaria nos modelos ocidentais a mesma limitação que já está a acontecer há algum tempo na versão chinesa da EMUI.



A notícia ainda carece de validação oficial e para já, podemos confirmar que a limitação não está activa nos smartphones nacionais, podendo o utilizador escolher o launcher que pretende utilizar. O sistema apenas emite um aviso, alertando para o facto de a alteração de launcher poder dar origem a um maior consumo de bateria e dados.


Os riscos de segurança são outro dos aspectos referidos, se bem que no caso destes últimos, basta ao utilizador ter algum critério na escolha do launcher a utilizar, optando por não usar aplicações de origem desconhecida ou suspeita.

Limitar não, informar e dar a possibilidade de escolha!

Tendo em conta que os utilizadores têm a possibilidade de configurar inúmeros aspectos do sistema por forma a utilizarem o seu equipamento como muito bem entendem, bloquear a utilização de launchers ou de qualquer outro tipo de apps é uma decisão que não deverá caber à marca. Deve ser o utilizador a ter a possibilidade de fazer as suas escolhas, quando muito com um alerta - como o que está a ser apresentado - sobre os potenciais riscos de realizar tal operação.

Vamos aguardar por uma clarificação desta situação, esperando que a impossibilidade de utilizar um launcher alternativo não venha a ser implementado nos mercado ocidentais, decisão que seguramente teria um impacto bastante negativo junto do público. Aliás, o que a marca poderia fazer seria precisamente o inverso, abolindo essa limitação na versão chinesa da EMUI, para que também os consumidores chineses pudessem ter a liberdade de optar por outros launchers, como deveria ser o seu direito.

9 comentários:

  1. Deixou de ser uma marca que compraria qd deixou de desbloquear o Bootloader, escolher quais as Apps que o user pode ou não usar é a cereja no topo do bolo.

    ResponderEliminar
  2. Um caminho triste este que a Huawei está a seguir, quem for proprietário dum equipamento desta marca que se manifeste o mais possível nas redes sociais e no fórum da marca.

    ResponderEliminar
  3. Huawei é lixo que não recomendo nem aos meus inimigos:
    - locked bootloader
    - foram apanhados a enviar dados para a china recentemente, até nos modelos mais top
    - ignoram updates para modelos mais antigos
    - uma experiencia que de android tem muito pouco

    enfim

    ResponderEliminar
  4. Está a "estragar" a diferença que fazia em relação a Samsung.. agora tem políticas piores!!

    ResponderEliminar
  5. Uma marca que odeio desde o inicio e que só tem vindo a piorar...por isso Huawei never more!!

    ResponderEliminar
  6. A Huawei é uma marca de smartphones a evitar, infelizmente.
    Não só estão a fechar o sistema como estão a implementar o Android incorretamente. Veja-se por exemplo, a VLC que deixou de suportar dispositivos da Huawei porque estes são extremamente agressivos na gestão de memória.

    ResponderEliminar
  7. Não percebo... Qual é o problema da Huawei em dar liberdade aos seus clientes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o problema é o contrário eles andam a dificultar ao máximo teres essa liberdade de escolha.

      Eliminar
  8. Não deixa de ser Actualmente a marca que produz melhores smartphones android, e a honor a marca com o melhor "bang for the buck".

    ResponderEliminar

[pub]