2019/01/08

Smartphones da Samsung: do TouchWiz ao One UI

A Samsung repensou de raiz o interface dos seus smartphones, distanciando-se da anterior TouchWiz, com a nova One UI a prometer uma experiência completamente nova criada para os smartphones actuais.


O TouchWiz e o botão frontal foram, durante muitos anos a imagem de marca dos smartphones Galaxy S e Note da Samsung. O botão frontal acabou por não resistir à evolução tecnológica da redução das margens em redor do ecrã, tendo o sensor de impressão digital passado para a traseira com a chegada do Galaxy S8. O local escolhido não foi no entanto o mais feliz, com a Samsung a corrigir a situação nos modelos seguintes. Com o Galaxy S10 à porta, espera-se que o sensor regresse novamente à parte da frente, desta vez integrado num ecrã full-screen. Mas para além do factor hardware, muito se tem passado também em termos do software e do interface que a Samsung utiliza nos seus smartphones Android.

O mal amado TouchWiz

No que diz respeito ao TouchWiz, a sua evolução acabou por comprometer o próprio sucesso dos smartphones da Samsung. O adicionar incessante de funcionalidades e aplicações ao longo dos anos começaram a ter um impacto cada vez mais significativo no desempenho.

O Galaxy S5 marcou o início do emagrecimento da interface, com a Samsung a começar a cortar opções consideradas dispensáveis, tendo este processo a culminado no Samsung Experience 8.0 disponibilizado com o Android 7 Nougat.

Mas a evolução tecnológica não pára, e o facto de os ecrãs estarem cada vez mais maiores e mais compridos leva a que seja bastante difícil, senão mesmo impossível, controlar o smartphone com apenas uma mão. Para colmatar esta situação, a Samsung optou por criar uma nova interface, a One UI, que começa agora a chegar aos seus smartphones, com a actualização para o Android 9 Pie.

One UI - para utilizar com apenas uma mão



Segundo a Samsung, a nova interface One UI, será capaz de permitir uma experiência de utilização mais flexível, capaz de se adaptar aos nossos padrões de utilização, antecipando a acção seguinte. O foco estará na produtividade, com a One Ui a emagrecer a Samsung Galaxy UX , limitando a mesma ao que é efectivamente essencial.

As bases deste novo interface consistem em manter as partes de interacção acessíveis na parte inferior do ecrã, com o topo a ficar reservado para a apresentação de informação; e também a simplificação visual de modo a não sobrecarregar o utilizador com excesso de informação - que muitas vezes nem sequer é directamente relevante para a operação que se está a fazer. O próximo Galaxy S10 será o primeiro modelo que contará com este novo interface logo no lançamento, e vai ser interessante ver a reacção dos utilizadores.


Se são apreciadores da história da tecnologia, no infográfico em baixo, podem consultar a evolução da Galaxy UX, desde a primeira versão disponibilizada com o mítico Galaxy S, até à mais recente versão, com a One UI.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]