2019/02/17

Google e Amazon querem saber tudo o que fazemos em casa


Graças aos serviços integrados com o Google Home e Alexa, a Google e Amazon já sabem muito sobre o que fazemos em casa - mas ambas as empresas querem saber ainda mais coisas e pedem aos fabricantes de dispositivos inteligentes que lhes enviem essa informação.

Quando se tem algo como uma lâmpada inteligente associada ao Google Home ou Alexa, é óbvio que as respectivas empresas passam a saber sempre que as ligarem ou desligarem utilizando os seus assistentes digitais. O problema é que muitos desses dispositivos inteligentes podem também ser controlados manualmente ou através de outras apps, e quando isso acontece, nem a Google nem a Amazon têm acesso a essa informação - algo que ambas as empresas parecem querer mudar.


A Google e Amazon estão a "pedir" aos fabricantes de smart devices que lhes enviem informação regular actualizada sobre o estado dos seus dispositivos.

A explicação para tal é simples e lógica: a conveniência de ter acesso a informação actualizada sobre o estado dos dispositivos numa casa inteligente, para que um assistente não diga que uma lâmpada está acesa quando na realidade está apagar (ou vice-versa). Só que, no clima de enorme desconfiança em que vivemos, isto pode também ser encarado como (mais) uma forma destes gigantes recolherem (ainda) mais informação sobre cada utilizador.

Será que depois de saberem quando é que acordamos, nos deitamos, quando vamos à casa de banho, cozinha, ou qualquer outra divisão com uma lâmpada inteligente, ficarão finalmente satisfeitos? Ou será que apenas irá abrir o apetite para que queiram saber ainda mais coisas sobre nós?

4 comentários:

[pub]