2019/03/06

Apple corrige Flexgate dos ecrãs dos MacBook com cabo mais comprido


O síndrome Flexgate que tem afectado os ecrãs dos MacBook Pro dos últimos anos poderá ter sido silenciosamente resolvido pela Apple, recorrendo a um cabo mais comprido.

Os MacBook Pro desde 2016 têm sofrido de um problema em que, a abertura e fecho do portátil causa demasiada pressão sobre o cabo do ecrã, começando a causar problemas no mesmo. Embora a Apple ainda não tenha reconhecido isso como sendo um problema de origem, parece que as queixas terão sido suficientes para que nos modelos mais recentes esse cabo tenha sido aumentado, de modo a  permanecer mais "aliviado" com as aberturas e fecho do ecrã.



Na prática, estamos a falar de apenas mais alguns milímetros de cabo, mas que poderão ser tudo o que é necessário para que o ecrã dos MacBooks possa ser aberto sem receio de que se estará numa contagem decrescente para encarar o Flexgate.

Resta saber se este pequeno detalhe poderá ser utilizado pelos afectados por este problema como sendo o "reconhecimento" da Apple de que, o cabo do ecrã nos MacBook Pro dos últimos anos, se trata efectivamente de um problema de fabrico, e que deveria ter direito a um programa de reparações gratuito.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]