2019/03/09

Apple pode lançar óculos de Realidade Aumentada ainda este ano


Segundo as previsões do habitualmente certeiro Ming-Chi Kuo, a Apple poderá dar início à produção dos seus primeiros óculos de realidade aumentada antes do final do ano, ou na primeira metade de 2020 o mais tardar.

Não é segredo que a Apple tem interesse nesta área, como ficou demonstrado com a sua aposta no ARKit, que veio facilitar a criação de apps de realidade aumentada, colocando essa tecnologia ao dispor de qualquer developer. Não demorou muito para se perceber que, se o ARKit é bastante funcional e eficiente no ecrã de um iPhone ou iPad, a sua utilização ideal seria nuns óculos que permitissem apresentar esses efeitos literalmente à frente dos olhos.

Mais uma vez, a Apple está numa posição única para poder tirar partido disto. Não só a tecnologia para óculos de realidade aumentada começa a entrar num patamar onde muitas dificuldades já foram resolvidas pelas primeiras gerações de produtos de outros fabricantes; como a Apple tem a capacidade os poder produzir numa escala muito maior que qualquer concorrente (e com isso produzi-los a custo mais reduzido, ou criando tecnologia mais avançada que não seria economicamente viável em escalas mais reduzidas) - para não falar de que, depois de já ter habituado a sua clientela a pagar mais de 1000 euros por um iPhone ou iPad Pro, também tem mais latitude para os preços elevados que possam ser aplicados.

Para esta primeira versão, os óculos deverão funcionar apenas como "ecrã", necessitando de um iPhone para fazer todo o processamento e manter as comunicações. Sendo que só para as gerações seguintes se poderá vir a ter uns óculos que funcionem de modo completamente independente.

1 comentário:

  1. A Apple lançou o Arkit e a Google o Arcor para Android.
    O que quer dizer que a seguir há uns óculos de realidade aumentada para Android. "Não é depois, já foi antes - com os Google Glass!". Os Google Glass tiveram uma publicidade muito negativa por poderem filmar à socapa. Mas no resto não era grande coisa. Vamos ver como serão os Google Arcor.

    ResponderEliminar

[pub]