2019/05/29

Snapdragon 8cx derrota Core i5 no Windows 10


Depois de anos a ameaçarem a entrada no segmento PC, a Qualcomm demonstra que os chips ARM estão prontos para essa tarefa, com o seu Snapdragon 8cx a superar, sem problemas, o desempenho de um CPU Intel Core i5 em tarefas habituais com o Windows 10.

Uma bateria de benchmarks feitas entre dois computadores idênticos, um equipado com o novo Snapdragon 8cx e o outro com um Intel Intel Core i5-8250U, dá uma vitória clara ao chip ARM. É algo que vem comprovar aquilo que já era conhecido, sendo que nos últimos anos assistimos a uma melhoria substancial do desempenho dos chips ARM que, a certo ponto, começaram a rivalizar com os chips Intel. Se na altura se podia argumentar que não era justo comparar um sistema mobile com um sistema desktop, com este Snapdragon 8cx a comparação passa a ser inteiramente válida.

Num teste de multitasking exigente, onde se dá uso ao Outlook, Powerpoint, Excel, Skype, Firefox, Photoshop e vídeo 4K, o Snapdragon 8xc termina o teste em 2m28s vs os 3m38s do Core i5; e resultados idênticos são obtidos em todos os restantes benchmarks.



Temos ainda a questão de que este Snapdragon 8cx ser um chip que dispensa ventoinha para a ventilação - o que torna os resultados ainda mais impressionantes - e que está a fazer o trabalho adicional de emulação para poder correr os programas Windows 10 x86. Quando se tratarem de programas recompilados para ARM, é de esperar que as diferenças sejam substancialmente superiores.

... Mais motivos para a Intel se preocupar; e que também permitem antecipar o tipo de ganhos que a Apple terá quando fizer a transição dos chips Intel para os seus próprios chips ARM.


11 comentários:

  1. Os chips da IBM da Apple eram RISC não eram?

    ResponderEliminar
  2. Fantástico. Finalmente temos notícias e novidades vindas do segmento dos CPUs que dão gosto seguir. ;)

    ResponderEliminar
  3. Grandes novidades da Snapdragon do lado mobile, e ainda maiores novidades da AMD para desktops e servers. A Intel vai ter que dar ao pedal para sair desta alhada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso a AMD está no mesmo barco que a Intel uma vez que a AMD utiliza a mesma arquitectura da Intel.

      Eliminar
  4. quando nao ha concorrencia da nisto, a intel sentou no trono e relaxou.

    ResponderEliminar
  5. https://www.iphonehacks.com/2018/11/ipad-pro-a12x-bionic-chip-beats-intel-core-i7-chip-last-year-geekbench.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas isso eram em benchmarks sintéticos (e que tradicionalmente favorecem o iOS). Agora, temos comparação directa, de Windows com Windows, a correr as mesmas apps desktops.

      Eliminar
    2. Não tinha visto as coisas desse ponto de vista, e tens toda a razão.

      Eliminar
  6. Eu vou esperar por melhores (independentes) benchmarks antes de fazer a festa.

    Pelo menos no teste com o Photoshop, parece que o factor limitativo é o acesso ao disco e não o processador.
    i.e. quando é aplicado o filtro a imagem, o x86 começa mais tarde, mas acaba quase ao mesmo tempo que o ARM.

    De qualquer maneira, são excelentes noticias para os consumidores.

    ResponderEliminar
  7. Já há muito tempo que afirmo que a arquitetura ARM e o futuro, este cpu num portátil a bateria dura o dobro do tempo, ou seja um portátil com Intel e 7 horas de autonomia, com o CPU ARM vai ter garantidamente 14 horas, não é fantástico.

    ResponderEliminar

[pub]