2019/07/11

Apple remove servidor local da app Zoom


A Apple não deixou que a polémica com a app Zoom continuasse, lançando uma actualização que remove automaticamente o servidor local que estava no centro das atenções.

A Zoom é uma app de videoconferência bastante popular nos Macs, e tornou-se no alvo das discussões após um investigador de segurança revelar que a app mantinha um servidor local que podia ser abusado remotamente para ligar utilizadores automaticamente em video-chamadas, com a câmara activada, ao acederem a um site. Para piorar a situação, esse servidor local mantinha-se mesmo após o utilizador desinstalar a app, podendo proceder à sua reinstalação automática sem qualquer interacção do utilizador.

A empresa começou por tentar desvalorizar as preocupações, dizendo que não se tratava de nenhuma falha mas sim da funcionalidade pretendida para facilitar a vida aos utilizadores, dizendo que iria apenas disponibilizar uma opção para desactivar a câmara ao se juntar a uma chamada em grupo. Mas assim que o assunto se começou a espalhar pelo mundo e começaram a surgir vozes de mais especialistas de segurança horrorizados com a situação, a Zoom lá acabou por reconhecer que a única forma de resolver o assunto seria remover o servidor local. E afinal nem foi preciso esperar por uma actualização da app, já que a Apple lançou uma actualização que remove o servidor local.

É uma medida invulgar ter uma actualização do sistema que "trata" de uma app de terceiros, mas neste caso a Apple parece ter tratado o caso tal como se fosse de malware que tivesse que ser removido com a máxima urgência... mas não sendo radical ao ponto de remover a app por completo (como sempre, neste tipo de coisas, há uns que são "mais iguais que outros" nos tratamentos dados pelos gigantes tecnológicos).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]