2019/08/18

Drako promete hiper-carro eléctrico de 330km/h


Parecem abundar novos fabricantes automóveis que se apressam a prometer a criação de super-desportivos eléctricos, e a eles junta-se a Drako Motors norte-americana com o seu Drako GTE.

O Drako GTE recorre a um chassis da Fisker e é apresentado como sendo um carro real e não apenas um protótipo ou ideia, contando com design de Lowie Vermeersch, responsável por vários modelos da Pininfarina, Ferrari, e Maserati. E para além do design, este Drako GTE parece fornecer tudo o que um fã da velocidade deseje.


O Drako GTE tem quatro motores de 225kW ligados a cada uma das rodas, culminando numa potência total de 1200cv e binário de 8800Nm. Com isto, não é de admirar que possa atingir os 330Km/h de velocidade máxima,  embora não seja revelado quantos (poucos) segundos serão necessários para chegar aos 100km/h, 200km/h e 300km/h.

A bateria de 90kWh pode fornecer até 2200A de pico ou 1800A de forma contínua, contando com um carregador integrado de 15kW e podendo utilizar postos de carregamento rápido até 150kW.

Chegando ao último - e mais importante - ponto, não precisam preocupar-se com nada do que leram até aqui, pois a Drako diz que apenas irá produzir 25 unidades, com um preço de 1.25 milhões de dólares (de base) cada.

... Posto assim, os 215 mil euros pedidos pelo próximo Tesla Roadster até parecem uma pechincha!

5 comentários:

  1. Em vez de produzirem super carros elétricos acessíveis a muito poucos, que tal começarem a produzir carros elétricos em massa, baixando os preços, para que exista uma efetiva alteração de hábitos???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Num mundo ideal seria isso. Mas infelizmente não vivemos num mundo ideal.
      Basta olhar para as muitas dificuldades que até as marcas tradicionais têm em produzir carros eléctricos em volume, pelo simples facto de não haver infraestrutura capaz de fornecer os componentes necessários (baterias) - algo em que a Tesla os apanhou de surpresa.
      Aliás, independentemente do que se achar da Tesla, desde o início que não esconderam o seu plano: produzir um carro caro para ganharem dinheiro para conseguirem produzir um carro mais acessível. E mesmo com todas as adversidades e atrasos, é isso que têm feito.

      Eliminar
  2. Mas simples era aproveitar nossos carros e alterar lhes para elétricos como certas pequenas já o fazem mas com poucos modelos de carros. E também pensar em outras alternativas porque o lítio para baterias não é inesgotável

    ResponderEliminar

[pub]