2019/09/09

Apple fazia batota na App Store para promover as suas próprias apps


A Apple foi apanhada a promover de forma abusiva as suas próprias apps nos resultados das pesquisas na App Store, muitas vezes apresentando apps suas que nem tinham nada a ver com o resultado desejado, mas escondendo apps populares para posições muito abaixo.

A Apple muito gosta de fazer insinuações quanto aos abusos cometidos pela Google, mas desta vez foi ela a apanhada a fazer o tipo de coisa que se poderia imaginar vir da Google: manipular os resultados das pesquisas de apps, dando prioridade às suas próprias apps. E ainda por cima, de forma completamente abusiva.

Uma pesquisa por apps de "podcasts" apresentava, logo a seguir ao primeiro resultado "publicitário" a app de Podcasts da própria Apple (o que seria compreensível e justificável), mas sendo seguida por apps como o Compass, Find my Friends, Tips, Apple TV, Watch, Files, iTunes, Home, Apple Books, Reminders, Apple News, Contacts e Voice Memos. A maioria das quais não sendo o tipo de apps que se esperasse ver em resultado de um pesquisa por apps de podcasts.

Pesquisas por outros tópicos demonstravam um padrão idêntico. Por exemplo, ao procurar por "music", em Dezembro de 2018 a Apple apresentava apps suas nas oito primeiras posições, incluindo apps como o iTunes Remote, Clips e iMovie. Curiosamente, depois da queixa apresentada pelo Spotify em Março deste ano, os resultados alteraram-se subitamente, com o número de apps da Apple a reduzirem-se a duas, e o Spotify a já conseguir aparecer na 4ª posição (uns meses antes, só aparecia na 23ª posição!)

A Apple insiste em que não fez nada de mal, e que aqueles resultados se deviam ao seu algoritmo, que apresentava resultados agrupados por "developer". A sua posição é que, mesmo não tendo feito "nada de mal", decidiram "prejudicar-se" ao remover as suas apps dos resultados, para beneficiarem os developers das demais apps...

... Talvez com a chegada do iPhone 11, possam prolongar essa estratégia ao preço dos iPhones e iPads, reduzindo os preços para beneficiarem os clientes? ;P

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]