2019/11/05

Samsung cancela desenvolvimento dos seus CPUs


Depois de anos a desenvolver os seus CPUs modificados como forma de se diferenciar dos concorrentes, a Samsung anuncia o fim dessa era, passando a usar os CPUs ARM inalterados.

Depois de ter seguido o exemplo da Apple no desenvolvimento de CPUs "feitos por medida" para tentar obter uma maior integração entre software e hardware, a Samsung parece ter chegado à conclusão que o investimento não faz sentido face ao retorno obtido. E como tal, vai passar a utilizar os CPUs ARM standard em vez de gastar milhões a fazer as suas próprias alterações - cujos resultados não têm sido os esperados. Em quase todas as gerações dos seus Exynos, os chips quase nunca superavam os congéneres da Qualcomm em desempenho, consumos ou eficiência.

No entanto, isto não significa que se esteja perante o fim dos chips Exynos. É bem provável que a Samsung continue a montar os seus SoCs (System-on-Chip) com os módulos que acha mais adequados; só que, no que diz respeito aos módulos dos CPUs, passaremos a ter CPUs como os Cortex-A disponibilizados directamente pela ARM, em vez de CPUs que tivessem sido "afinados" por si com vista a serem ainda mais eficientes.

Ao contrário do que acontece com a Apple e os iPhones, no campo do Android existem muitas mais variáveis que ficam fora do controlo da Samsung. E, tendo em conta o benefício reduzido (se é que existe) face a querer optimizar arquitecturas já optimizadas... mais vale optar pela solução mais simples e económica, de usar o que já existe em vez de querer reinventar a roda.

1 comentário:

  1. Parte positiva para a consumidores, é que assim todos os futuros equipamentos de topo veem equipados com os Snapdragons recentes em todo o mundo.

    ResponderEliminar

[pub]