2019/12/23

Filme Cats estreia com "bugs" e promete versão corrigida com novos efeitos


A indústria do cinema para estar a aprender os maus vícios com a indústria dos videojogos, estreando o filme "Cats" com efeitos visuais e bugs que têm causado grande surpresa - pela negativa - nos espectadores.

O filme Cats, que transpõe o popular espectáculo da Broadway para o cinema, deixou algumas pessoas apreensivas logo desde o primeiro trailer. Em sentido inverso ao que temos visto em filmes como o Rei Leão, que sofreu uma transição dos desenhos animados para um CGI pseudo-realista; neste caso tivemos a transformação digital de humanos em criaturas felinas... Mas alguma coisa terá corrido muito mal no processo.


O filme terá estreado sem que tivesse sido dado o tempo devido para o finalizar, com o realizador a queixar-se que fez uma directa de 36 horas sem dormir para terminar o filme. E o resultado são efeitos digitais que deixam a desejar, para não falar de situações em que estão completamente em falta, como se pode ver na imagem que se segue, em que a mão de uma das protagonistas ficou esquecida.


Agora, o estúdio está em pânico perante as reacções, e promete que o filme irá ser alvo de uma "actualização" com efeitos melhorados e com aquelas situações corrigidas - ao estilo do que já estamos infelizmente habituados a ver no lançamento dos videojogos.

O problema é que, ainda mais que nos videojogos, será muito difícil para um filme recuperar deste tipo de situações. Para a próxima vez, será conveniente reconsiderarem se não será mais vantajoso adiar a estreia por mais um mês ou dois, e lançar algo que esteja à altura das expectativas, do que querer acelerar as coisas e acabar com um dos maiores desastres do ano.

(Ao menos no caso do Sonic o erro foi detectado logo no primeiro trailer, permitindo que o filme fosse "refeito" completamente antes de se tornar num desastre!)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]