2019/12/26

IBM promete bateria revolucionária feita a partir da água do mar


A IBM aproveitou este final de ano para nos fazer sonhar com a muito aguardada revolução nas baterias, dizendo que desenvolveu uma tecnologia completamente nova de baterias que irá superar as actuais de iões de lítio em todos os níveis.

Há muito que se aguarda por um salto significativo nas baterias, que permite avançar para uma nova era em que se possam criar coisas como dispositivos wearable capazes de durar meses ou anos, automóveis eléctricos com autonomia para milhares de quilómetros, aviões eléctricos, e muitas mais coisas que de momento não são possíveis. E a IBM diz estar perto disso.

A IBM anunciou ter criado uma nova bateria que dispensa os metais pesados, que é mais segura, económica, ecológica, e tem maior densidade de energia que as de iões de lítio.

A bateria usa três "materiais" (que a IBM não especifica) que podem ser extraídos da água do mar, ultrapassando os problemas de mineração em zonas de conflito, evitando toda a questão ecológica associada, e sendo também de extracção mais económica. Para além disso, etas baterias são mais seguras, oferecem maior densidade de energia, e podem ser recarregadas muito mais rapidamente que as de Li-ion (80% em apenas 5 minutos), contando com elevados níveis de eficiência e longevidade em termos de ciclos de carga e descarga.
  • High power density: Mais de 10,000 W/L (superior às de lithium-ion)
  • High energy density: Mais de 800 Wh/L (comparável às melhores lithium-ion)

Infelizmente não são avançadas datas concretas para a produção e comercialização destas baterias, mas a IBM diz estar a trabalhar em conjunto com vários parceiros, incluindo a Mercedes-Benz, e a Central Glass e Sidus (fabricantes de baterias) para explorarem essa possibilidade.

3 comentários:

  1. Será por isso que a Mercedes Benz ainda não avançou com toda a força para a produção de carros elétricos?

    O que você estará por dentro dessa "manga"?

    ResponderEliminar

[pub]