2019/12/09

Magic Leap está a perder a magia?


A famigerada Magic Leap, que prometia ser a pioneira e sinalizar a entrada numa nova era da realidade aumentada, tem agora estado com dificuldade em enfrentar a realidade real.

Depois de anos com enorme secretismo, em que apenas se ia ouvindo uns relatos de que a tecnologia dos seus óculos de realidade aumentada eram "de outro mundo", permitindo combinar imagens virtuais sobre o mundo real com mais realismo que nunca, a Magic Leap lá apresentou os seus óculos. No entanto, já vão dois anos, e a prometida revolução continua por se fazer sentir.

Aliás, os últimos relatos referem que em vez dos 100 mil óculos que a Magic Leap esperava vender no primeiro ano, terá vendido apenas 6 mil unidades. A par das saídas de vários executivos e directores, começa a desenhar-se um panorama bastante sombrio para o futuro desta empresa, que em 2015 já dizia que estava a preparar a produção de milhões de óculos.





A empresa continua a dizer que "tudo vai bem". Mas o que é certo é que não faltam exemplos de empresas que falharam precisamente por serem pioneiras e estarem a desbravar terreno. Não é fácil estar a desenvolver tecnologia, com todas as complicações e falhas associadas (nem os gigantes tecnológicos estão imunes - veja-se o que se passou com o ecrã dobrável do Galaxy Fold da Samsung). Mais triste é se, depois de todo este esforço inicial, se veja a empresa a falhar e outros a surgirem para colherem os benefícios. Só o tempo dirá qual será o desfecho desta aventura da Magic Leap, mas por agora... a magia outrora prometida parece estar em risco de se tornar numa desilusão.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]