2020/01/22

Chromebooks passam a ter (até) 8 anos de actualizações - mas ainda não chega


A Google tem algumas boas notícias para o pior aspecto dos Chromebooks - o seu "prazo de validade" relativamente curto - prometendo prolongar as actualizações até 8 anos. Infelizmente não é ainda uma garantia e apenas se aplica a um par de modelos.

Os Chromebooks e o Chrome OS são bastante interessantes para inúmeros cenários e têm tido uma boa aceitação no sector do ensino. Infelizmente, todas as suas vantagens são severamente limitadas pelo facto de serem máquinas que inevitavelmente perderão o direito às actualizações (ao fim de 6 anos aproximadamente), momento a partir do qual se tornam em riscos de segurança caso continuem a ser utilizados - mesmo que o seu hardware se mantenha perfeitamente funcional, e sem qualquer forma fácil / oficial de se poder transitar para um qualquer outro sistema que permitisse aos utilizadores mantê-los actualizados.

Agora, a Google anuncia que os Chromebooks irão ter até 8 anos de actualizações, mas neste momento isso é algo que apenas se limita a dois modelos específicos: o tablet Lenovo 10e e o Acer Chromebook 712. Todos os outros continuam a manter o prazo de validade que tinham anteriormente.

Mesmo que o prolongamento para os 8 anos seja positivo, continua a não ser a solução que se precisa. Inevitavelmente chegaremos ao fim do prazo, quer sejam 5, 6 ou 8 anos, com uma máquina que gostaríamos de poder continua a utilizar com garantias de segurança. Se a Google não está disposta a manter um suporte "eterno" para o Chrome OS, no mínimo deveria disponibilizar uma forma oficialmente reconhecida de poder transitar para uma distro linux como o Ubuntu ou outra. Até que tal aconteça não me voltam a apanhar com um Chromebook...

2 comentários:

  1. Incrível. Nunca o conceito GNU/Linux fez tanto sentido como agora.

    ResponderEliminar
  2. Suporte eterno não existe, mas importante seria produzir hardware de jeito e suportar o software com as últimas versões (E não apenas segurança) durante um mínimo de 10 anos; a mim não me apanham de certeza já que só compro PC com chip x86 64- bit e Windows e estes já andam tão ou mais baratos (specs comparáveis) conseguindo fazer muito mais

    ResponderEliminar

[pub]