2020/01/17

Smartphone PinePhone com Linux já está disponível


Numa nova tentativa de entrar num mercado dominado pelo Android e iOS, a Pine64 anunciou que o seu PinePhone, com Linux fácil de instalar e mudar, está finalmente disponível

Embora pareça um projecto "impossível", o PinePhone quer transformar o panorama actual dos smartphones, apresentando-nos um smartphone que mais se assemelha ao processo que temos nos computadores desktop: ou seja, em que cada utilizador está livre para poder instalar o sistema operativo que bem entender.

Por agora este primeiro lote "BraveHeart" tem como opções sistemas como Ubuntu Touch, PostmarketOS (Phosh), KDE Neon (Plasma Mobile), LuneOS e outros - sendo também referido que, nesta fase, são essencialmente destinados a developers.


Quando ao smartphone si, tem características bastante modestas, com um ecrã HD+ de 5.95", CPU Allwinner A64, 2GB de RAM, 16GB + microSD até 2TB, câmara de 5MP, câmara frontal de 2MP, e bateria de 2750mAh. Não impressiona, mas também chega com um preço que se pode considerar aceitável para um smartphone de desenvolvimento open-source: 150 dólares.

3 comentários:

  1. Poderá ser este o caminho para não ficarmos dependentes das ROM dos fabricantes que muito oportunamente deixam de existir e ficamos com boas máquinas completamente obsoletas.
    Era bom que dessa forma pudesse dar nova vida ao ZF2 que a ASUS deixou ficar com o Android 6...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Xda developers não falta Custom ROMs

      Eliminar
    2. Já lá andei, mas não encontrei nada de relevante. Tens alguma sugestão?

      Eliminar

[pub]