2020/03/13

O que vê o radar Soli da Google


A Google revelou mais alguns detalhes sobre o radar Soli estreado no Pixel 4, incluindo a forma como este sensor "vê" o mundo.

Embora a implementação actual do Soli da Google no Pixel 4 esteja a ser utilizada para fins bastante mais modestos do que eram antecipados pelos protótipos, a tecnologia utilizada não deixa de ser extraordinária. Em vez de depender de câmaras ou sensores de distância, o Soli usa um sensor de radar miniaturizado, que lhe permite detectar o que se passa em redor do equipamento - e a Google traduziu isso para uma visualização que nos permite ficar com uma ideia de como o sensor Soli "vê" o mundo.


Nesta visualização vemos os pixeis com intensidade referente à força do sinal recebido, e onde a linha corresponde à distância de detecção: no topo, próximo do equipamento; na parte de baixo, maior distância. A imagem à esquerda mostra o sinal recebido por uma pessoa a caminhar em direcção ao smartphone; a do centro mostra uma pessoa a esticar o braço para apanhar o smartphone; e a da direita mostra um gesto de deslizar feito sobre o smartphone (sem lhe tocar).

Por agora a Google tem implementado apenas gestos básicos que poderiam ser replicados facilmente (e já foram implementados no passado) com outras tecnologias, como sensores de movimento e gestos. No entanto, trata-se apenas do primeiro passo, já que a gama de possibilidade de reconhecimento de gestos é bastante mais vasta. Nos protótipos tínhamos visto a detecção de gestos com muito maior precisão, como a de simular a rotação de elementos girando os dedos, etc.

... Resta saber se isso conseguirá ser feito de forma global, com toda a infinidade de variáveis que existe no mundo real, ou se esta tecnologia acabará por se tornar impraticável e abandonada daqui por alguns anos (ao estilo do 3D Touch da Apple).

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]