2020/04/14

Google segue Apple e prepara chips próprios para os Pixel


Depois de marcas como a Huawei e Samsung, também a Google segue a táctica da Apple de criar os seus próprios chips ARM específicos para os seus equipamentos.

O chip, que tem o nome de código Whitechapel (WC?) está a ser desenvolvido em cooperação com a Samsung, que ficará encarregue de o produzir usando tecnologia de 5nm. Será um chip octa-core com hardware adicional para facilitar o processamento de machine learning e das funções do Google Assistant - embora fique por esclarecer quais as vantagens que terá face aos demais chips, como os Snapdragon da Qualcomm, que também já vão incluindo hardware para aceleração dessas funções.

Ao contrário de empresas como a Samsung e Huawei, que têm volume que justifica a criação dos seus próprios chips, a Google não tem volume de Pixels suficiente que justifique este investimento adicional, pelo que o mais provável é que isto faça parte de uma jogada estratégica de longo prazo, que no futuro venha a ser expandida aos Chromebooks e outros produtos - talvez em preparação para a esperada transição dos Macs para chips ARM da Apple.

O que é certo é que, no fragmentado e caótico cenários dos Android, veremos até que ponto a chegada de um chip "VIP" da própria Google poderá vir criar ainda mais segmentação na plataforma, com funcionalidades (ainda mais) exclusivas para os seus smartphones, e depois tudo o resto.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]