2020/04/07

Pixel 4 ganha opção para "olhos abertos" que funciona


Depois de lançar um desbloqueio facial que funcionava com os olhos fechados - e cuja opção para exigir os olhos abertos não funcionava - o Pixel 4 ganha finalmente uma opção que, desta vez, deverá funcionar.

Terá sido um pouco embaraçoso (bastante) para a Google lançar um smartphone topo de gama que podia ser desbloqueado ao ser apontado para o rosto de uma pessoa a dormir / inconsciente / morta. E não terá ajudado que a opção que depois foi disponibilizada para exigir que se estivesse de olhos abertos, não funcionasse. Mas agora isso deverá ficar resolvido.

A actualização de Abril para o Pixel 4, para além da habitual ronda de correcções, desta vez relacionadas com Bluetooth e lentidão do teclado a abrir em certas apps, inclui também uma opção para exigir os olhos abertos durante o desbloqueio por reconhecimento facial.

De notar que isto não altera o reconhecimento "único" que é feito no acto de desbloquear o smartphone, pelo que se nesse momento ainda tiverem os olhos fechados o processo continuará a falhar mesmo que logo de seguida abram os olhos. Será necessário fazer um novo "desbloqueio", já com os olhos abertos, para funcionar. Parece-me que seria mais lógico que, no caso de ter reconhecido um rosto válido mas com os olhos fechados, fazer mais algumas tentativas durante um par de segundos para averiguar se o utilizador abria os olhos e fazer o desbloqueio sem necessidade de repetir o processo de desbloqueio manualmente - talvez estejam a guardar isso para o Pixel 5...

1 comentário:

  1. Saudades do meu Lumia 950 em que o desbloqueio era feito pela leitura da iris, o que era bem mais seguro que estes sistemas de reconhecimento facial

    ResponderEliminar

[pub]