2020/06/25

NOS bloqueia acesso ao Linux Today e outros sites sem explicação


Os clientes NOS que quiserem aceder ao site Linux Today vão descobrir que a sua internet não chega a todo o lado, e não havendo ainda qualquer explicação por parte da NOS para esta censura.

Já sabemos que em Portugal os operadores de internet aderirem ao sistema de censura facilitada, que permite bloquear o acesso a qualquer site considerado "indesejado" sem qualquer tipo de supervisão judicial. E agora temos mais um exemplo que demonstra no que esse tipo de "liberdades" pode resultar, com os clientes NOS a ficarem impossibilitados de aceder a sites como o Linux Today e o Focos ToDo.

A parte mais chata de tudo isto é que, ao contrário do habitual sistema de bloqueio através de DNS, que facilmente é resolvido através da utilização de um servidor DNS alternativo, como o 1.1.1.1 da Cloudflare ou o 8.8.8.8 da Google, neste caso o bloqueio parece estar a ser feito a nível do routing, o que impede o acesso até a quem estiver a usar esses DNS alternativos.

Como se pode imaginar, não há qualquer motivo ou justificação para que um operador bloqueie o acesso a um site como o Linux Today, ou ao de gestão de tarefas Focos ToDo, ou a muitos outros do mesmo estilo que estejam a ser alvo de bloqueio idêntico - e uma vez que tudo isto é feito secretamente, nem sequer se consegue perceber a escala deste tipo de bloqueios / censura está a ocorrer. Há cerca de duas semanas os clientes NOS também estiveram sem acesso aos serviços da Apple, como App Store e iCloud, sem que tenha sido dada qualquer explicação, ficando a suspeita sobre se estará relacionado com este problema.


Com tudo isto, apenas se vai tornando cada vez mais evidente a necessidade de se utilizar um serviço de VPN, ou ferramentas de acesso privado como o Tor, e de começar a tratar os próprios operadores que deveriam garantir o livre acesso à internet como obstáculos que têm que ser superados.

2 comentários:

  1. Funciona. Deve ter sido temporário.

    ResponderEliminar
  2. Problema das VPN's é que podem ser bloqueadas com alguma facilidade pelos Operadores de Internet. Existem alguns serviços que já oferecem "camuflagem" para disfarçar tratar-se de uma VPN... as pessoas têm de utilizar tal serviço... e ainda assim é fácil para os operadores comprarem listas de IP's utilizados pelas VPN's e assim bloquear as mesmas qualquer que seja a tecnologia utilizada.

    A única alternativa viável é ter o seu próprio servidor dedicado/ servidor virtual privado, em um centro de dados, com IP dedicado e exclusivo para ligar-se a ele e depois dele aceder então à Internet sem restrições... e ainda assim tem de utilizar alguma técnica que disfarce ser uma ligação VPN senão pode ser bloqueado na mesma através de análise de tipo de tráfego.

    ResponderEliminar

[pub]