2020/10/22

Vídeo da sonda OSIRIS-REx a recolher amostra de asteróide

Depois dos dados indicarem que a sonda OSIRIS-REx recolheu uma amostra do asteróide Bennu com sucesso, temos o vídeo que mostra como tudo se passou.

Ao contrário do que os filmes de ficção científica mostram, o envio de dados de milhões de quilómetros de distância é algo que demora tempo, especialmente quando se tratam de dados suficientes para compilar um vídeo. Por isso mesmo, só agora podemos ver como é que decorreu o arriscado processo da sonda tocar no asteróide e de seguida fazer um disparo de alta-pressão para fazer voar poeira e outras partículas de modo a que fossem capturadas no braço de recolha.

A sonda permaneceu em contacto com o asteróide durante seis segundos, com o processo de recolha da amostra a demorar cinco segundos, tempo após o qual se voltou a afastar.

Nos próximos dias a NASA irá fazer uma operação para avaliar a quantidade de material que efectivamente foi recolhido, fazendo a sonda girar com o braço esticado, e através disso determinar a massa da amostra. Se tiver recolhido 60g ou mais, a sonda terá material suficiente para regressar à Terra, caso contrário, poderá ser necessário fazer nova recolha (a sonda foi concebida para fazer até três tentativas de recolha). Esperemos que tenha recolhido material suficiente, para evitar nova manobra arriscada.

A chegada à Terra, com as primeiras amostras recolhidas da superfície de um asteróide, está programada para 2023.


Actualização: Afinal o problema é que poderá ter recolhido coisas a mais!

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]