2020/12/09

Look to speak da Google deixa falar com os olhos

A Google tem um novo projecto para pessoas com necessidades especiais, que permite falar com os olhos.

É sempre bom ver a tecnologia ser aplicada para auxiliar a vida de todos aqueles que precisam de ajuda especial para fazer aquilo que a maioria das pessoas dá por garantido. Neste caso, o Look to Speak é um sistema que permite seleccionar palavras e frases com os olhos, permitindo dar voz a todos os que não a têm.

Não é um sistema verdadeiramente original, pois há muito que existem sistemas deste tipo - a grande diferença é que, em vez de se recorrer a equipamentos que custam uma fortuna (como infelizmente é habitual neste segmento) tudo é feito com um simples smartphone e a app Look to Speak.



Há alguns comentários que dizem que a app deveria ter também um modo de head-tracking para permitir fazer selecções de texto com a cabeça e não apenas com os olhos, dizendo que se torna demasiado cansativo usar os olhos para esta função. Mas, imagino que aquelas pessoas que nem sequer conseguem movimentar a cabeça tenham uma opinião diferente, e apreciarão o facto de se poderem exprimir usando um simples smartphone e uma app gratuita.

4 comentários:

  1. Era interessante era terem uma app para ler livros em que o scrool era feito automaticamente consoante se estava a olhar mais para cima ou para baixo... eventualmente até com velocidade variável..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui há tempos tive uns telemóveis da Samsung (S3 e S4) e isso já era possível.

      Eliminar
    2. Sim, eu aqui há uns tempos andei à procura de uma app para leitura de e-books que fizesse isso e a única coisa que encontrei parecido foi umas referencias a smartphones Samsung (S3 ou S4) que faziam isso de origem mas nunca mais ouvi falar nisso, será que não funcionava bem e retiraram dos features dos novos? é estranho não haver apps a explorar mais a camara frontal para novas funcionalidades de controlo..

      Eliminar
    3. Quando tinha o S4 passei para um OnePlus 5 (obrigado AADM) e nunca mais tive contacto com telemóveis da Samsung, pelo que não sei se essa funcionalidade terá sido deixada para trás nas versões mais recentes ou não.

      Outra coisa que sinto falta era a capacidade que o S4 tinha de emitir luz infravermelha para comandar TVs, videos, Hi-Fi, etc.

      Dava um mesmo muito jeito para baixar o volume das TVs no Burger King ou em alguns cafés onde o raio do futebol já chateava.

      Eliminar

[pub]