2020/12/08

Starlink recebe $885 milhões para levar internet a zonas rurais

A SpaceX já está a passar por cima de outros operadores, recebendo 885 milhões de dólares da FCC para levar internet de alta-velocidade a zonas rurais.

A criação de uma rede de satélite para distribuição de internet por todo o globo, com dezenas de milhares de satélites, poderia parecer uma ideia louca há poucos anos, mas é algo que neste momento se está a tornar realidade - tendo já demonstrado permitir ligações de 120 Mbps no "fim do mundo". Para esta rede é indiferente que um cliente esteja numa zona urbana com fibra óptica até à porta de casa, ou algures num local remoto e isolado que nem sequer tem acesso a ligações 3G ou 4G, e é algo que já está a valer mais de 800 milhões de dólares à SpaceX.

A FCC atribuiu 885.5 milhões de dólares à SpaceX para levar internet a zonas rurais que de momento acabam por estar desligadas do mundo, devido à ausência de ligações de banda larga à internet - e penso que ninguém quererá relembrar o que será tentar aceder a qualquer página de internet actual usando um modem de 56 Kbauds, ou até mesmo uma linha RDIS de 128 KB!

É certo que 885 milhões continua a ser uma gota de água face ao investimento total que a SpaceX está a fazer na Starlink, mas não deixa de ser um sinal bem claro que os operadores não poderão ignorar esta "ameaça" que se vai acumulando sobre as suas cabeças, e que poderá levar ligações de alta-velocidade a todos aqueles sítios em que não era economicamente viável providenciar um serviço de qualidade.

2 comentários:

  1. As operadoras terrestres devem estar a tremer com a nova concorrência, em especial as de ligação por cabo.

    Em outras notícias o Youtube parece ter reduzido a resolução dos vídeos para 480p por pré-definição embora deixem mudar... devem estar a sentir o confinamento nas redes.

    ResponderEliminar
  2. Só estou á espera disso para dar finalmente um pontapé no cu dos operadores nacionais!

    ResponderEliminar

[pub]