2021/02/04

Cabo submarino Dunant da Google já liga EUA à Europa

O segundo cabo submarino da Google - Dunant - já entrou em funcionamento, ligando os EUA à Europa com uma capacidade de 250 Tbps.

A Google tem feito investimentos em dezenas de cabos submarinos, para melhorar a sua capacidade de ligação a nível mundial, e o Dunant, o seu segundo cabo completamente privado, entra agora em operação. Este cabo segue-se ao cabo Curie de 10 mil km que liga Los Angeles ao Chile, tendo uma extensão de 6400 km e atravessando o Atlântico com uma ligação directa dos EUA a França.

Este cabo é o primeiro cabo submarino com esta extensão a usar 12 pares de fibras ópticas em SDM (space-division multiplexing) permitindo uma largura de banda de 250 Terabits por segundo (31.25 Terabytes por segundo). Cabos de gerações anteriores ficavam-se por 6 ou 8 pares de fibras e recorriam a repetidores lasers independentes para cada um dos pares de fibras, enquanto que neste, os componentes ópticos para reforçar o sinal são partilhados por vários pares simultaneamente para uma maior eficiência.

Para este ano é esperado que o terceiro cabo submarino privado da Google - Equiano - entre em operação, que liga Portugal à África do Sul e outros países ao longo da costa africana.

Embora serviços como o Starlink prometam levar internet a qualquer ponto do planeta usando mega-constelações de satélites, os cabos submarinos continuam a ser as ligações indispensáveis para manter a internet a funcionar, transportando 98% de todo o tráfego actual.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]