2021/02/04

Óculos de realidade aumentada da Apple com 8K, eye tracking e mais de 12 câmaras

Começam a surgir mais detalhes sobre o que os futuros óculos de realidade aumentada da Apple poderão trazer, e que por agora apontam para características na vanguarda do que a tecnologia actual permite.

Há vários anos que vão surgindo algumas indicações de que a Apple está a trabalhar em óculos de realidade virtual e realidade aumentada; e mais recentemente sendo dito que poderemos ver uma primeira versão já este ano. Mas agora surgem alguns detalhes mais concretos, que referem que pelo menos uma das versões utilizará ecrãs 8K para cada olho, com eye-tracking, e mais de 12 câmaras para fazer o tracking dos movimentos e das mãos. Em vez de recorrer a complexos sistemas de lentes, o efeito de realidade aumentada seria criado projectando as imagens do mundo real nos ecrãs de 8K, que permitiriam ter uma qualidade visual mais elevada do que os óculos actuais.

Os óculos da Apple não seriam os primeiros a prometer uma resolução 8K - a Pimax (foto dos óculos no início) já tem óculos que diz serem 8K, mas que na realidade usam 2 ecrãs 4K - mas no caso da Apple é indicado que mesmo com dois ecrãs 8K reais, os óculos serão extremamente compactos e leves.

Infelizmente, não serão (ainda) os óculos que poderão revolucionar o sector, já que deverão ter um preço de cerca de 3 mil dólares, o que os tornará competitivos face a modelos como o HoloLens 2 da Microsoft, mas longe de serem convidativos para o público em geral. Mas, é preciso começar por algum lado, e primeiro é preciso criar óculos VR que concretizem todas as expectativas do que se espera desta tecnologia, e depois logo se vê a questão de tentar fazer com que os preços baixem de modo a torná-los mais acessíveis.

Estes óculos VR "topo de gama" só deverão ser lançados em 2022 ou 2023.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]