2021/03/12

Google acusa MS de usar jornais para distrair do hack SolarWinds

A Google lançou sérias (e diria mesmo irritadas) acusações à MS quanto à sua posição de apoio aos grupos editoriais, dizendo que é apenas uma manobra de distracção.

Temos "peixeirada" entre a Google a Microsoft no tema do apoio aos jornais. Apesar de tanto a Google como o Facebook já terem lançado programas de investimento de milhões para mostrar o seu apoio aos jornais - apesar da sua posição contrária ao do pagamento das "taxas dos links" para notícias - a MS tem assumido uma posição contrária, colocando-se do lado dos grupos editoriais e dizendo que está disponível para aceder a todas as suas exigências. Uma posição que a Google vem agora criticar duramente, dizendo que não passa de uma manobra de diversão para evitar escrutínio sobre o mega-hack SolarWinds e do Exchange, que deixou milhares de empresas e entidades vulneráveis a hackers.

Sem poupar palavras, a Google relembra que a MS tem tradição de usar estas tácticas, relembrando a famosa campanha Scroogled, e que a empresa conhecia as vulnerabilidades e sabia que estavam a ser usadas para ataques, ainda assim demorando meses para as corrigir. Relembra ainda que, para uma empresa que diz defender os jornais e os jornalistas, pouco dinheiro tem disponibilizado para esse sector, e que assim que teve oportunidade, substituiu os jornalistas que tinha nos seus serviços por bots AI.

Palavras nada meigas que seguramente não passarão sem resposta da MS - que provavelmente poderá recorrer à mesma táctica, dizendo que isto é apenas a Google a tentar distrair as atenções das questões do tracking publicitário e controlo que exerce sobre o Android e Play Store.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]