2021/04/20

Musk diz que acidente com Tesla não tinha Autopilot activado

Houve um novo acidente mortal num Model S, com duas vítimas, e onde nenhuma estaria no lugar do condutor - que voltam a gerar críticas sobre a susposta segurança do Autopilot.

A Tesla está outra vez nas notícias devido a um acidente com um Model S onde morreram os dois ocupantes e onde aparentemente não estava ninguém no lugar do condutor. Uma pessoa estaria no banco do passageiro na frente, a outra no banco de trás, com algumas testemunhas a terem também confirmado que teriam ido dado uma volta para demonstrar o funcionamento do modo Autopilot.

Só que Musk já veio dizer que, pelo que podem ver dos registos, o veículo não só não estaria com o modo Autopilot activado no momento do acidente, como nem sequer tinha comprado a opção FSD, sendo que o sistema também não deveria activar-se por se tratar de uma estrada sem as marcações laterais.


Só que entretanto, um utilizador já veio demonstrar que o modo Autopilot pode ser facilmente activado numa estrada sem linhas laterais, e que no caso de haver uma curva, o carro seguiria em frente e chocaria contra as árvores.


Independentemente de tudo o resto e dos excessos cometidos pela Tesla a exacerbar as capacidades do Autopilot, a verdade é que a utilização do Autopilot está de facto sujeita à atenção constante por parte do condutor, e cabe a este estar bem consciente desse facto. Entretanto, a Tesla também divulgou um relatório em que diz que a utilização do modo Autopilot reduz para um décimo a possibilidade de acidentes face à condução manual - mas convenientemente esquecendo-se que esse valor piorou face aos seus próprios resultados publicados no ano anterior.


Actualização: Agora a Tesla contraria os investigadores e diz que acredita que havia alguém no lugar do condutor.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]