2021/05/19

Google revela novo design do Android 12

A Google aproveitou a abertura do Google I/O 2021 para revelar a nova direcção do design seguido no Android 12, uma evolução do Material Design designado por Material You.

Os smartphones actuais podem ser imensamente personalizáveis, mas a maioria das pessoas limita-se a usar o seu smartphone tal como ele vem de origem. A Google quer facilitar o processo de cada um tornar o seu smartphone mais pessoal, facilitando a forma como ele se pode adaptar a cada utilizador. Com o Material You o Android 12 adopta uma fórmula que nos faz relembrar os velhos tempos do Windows Phone, em que o sistema pode adoptar diferentes tonalidades de cor à vontade do utilizador - embora aqui, como seria de esperar, de forma bastante mais evoluída. Bastará algo como escolher uma foto para o wallpaper para que o sistema seja capaz de criar uma nova palete de cores que será aplicada a todo o sistema. A isto juntam-se novas animações, que prometem ser mais fluidas que nunca, e que contribuirão para que o utilizador perceba o que se está a passar. Isto atinge pormenores que passam por coisas como: o ecrã "ligar-se" a partir do ponto em que é feita a acção (botão de power lateral, ou toque no ecrã).


A segurança não ficou esquecida. O Android 12 adopta algumas coisas que já conhecemos do iOS, como o sistema a revelar que apps estão a aceder à area de transferência; e vai mais longe noutros aspectos, como botões de acesso rápido que permitem bloquear completamente (e temporariamente) o acesso à câmara ou microfone; ou dizer que certas apps só podem ter acesso à localização aproximada mas não exacta.


Outra das apostas é a nível da interoperabilidade entre múltiplos dispositivos, prometendo uma maior relação entre Android, Chrome OS, Android TV, e até outras coisas, como os automóveis (com o smartphone a servir como chave e como cérebro do sistema de infotaiment via Android Auto).

O Android 12 beta fica disponível desde já, para uma série de smartphones de fabricantes como a OnePlus, Xiaomi, Oppo, TCL, Asus, Realme, ZTE, e outros - embora no caso dos OnePlus 9 tenha havido um pequeno percalço que encrava os smartphones que não tivessem feito o unlock do bootloader, mas do qual é possível recuperar (mas que relembra a parte destas versões beta serem apenas para quem sabe no que se está a meter).


Actualização: vídeo sobre o design Material You.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]