2021/07/05

Carregamento de smartphones a 200W pode chegar mais depressa do que o esperado

O carregamento ultra-rápido de 200W mostrado pela Xiaomi poderá chegar ao mercado mais rapidamente do que se pensava.

O mês passado a Xiaomi mostrou um protótipo de um smartphone com sistema de carregamento de 200W, capaz de recarregar a sua bateria de 4000mAh em apenas 8 minutos, e chegando a 50% em apenas 3 minutos. Um sistema que a Xiaomi diz também que mantém pelo menos 80% da capacidade da bateria após 800 ciclos de carregamento. Coisas que provavelmente poderão ser comprovadas em breve.

Esta capacidade foi possibilitada por um chip de carregamento NuVolta NU2205, que é o mais potente do mercado, e que está a ser disponibilizado não só para a Xiaomi como para qualquer outro fabricante que o deseje utilizar. Este chip permite carregamentos de 100W, que quando combinados com um sistema de dupla bateria (como fez a Xiaomi), permite atingir os 200W usando dois em simultâneo.

Quer isto dizer que a Xiaomi não poderá demorar muito a lançar um smartphone com carregamento de 200W para o mercado, isto se quiser evitar que seja outra marca a anunciar ter sido a primeira a fazer chegar ao mercado um smartphone com carregamento ultra-rápido de 200W. E com isto, começa também a chegar a necessidade de se poder escolher, no smartphone ou no carregador, o nível da intensidade de carregamento que se deseja: mesmo usando um carregador de 200W, seria interessante poder dizer que apenas se quer recarregar a 50W, por exemplo, para poupar a bateria.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]