2021/08/29

Samsung 970 EVO Plus mais lento com troca de controlador

Depois da WD, também a Samsung é apanhada a trocar componentes no seu SSD 970 Evo Plus, tornando-o mais lento.

A WD foi apanhada a trocar as memórias flash do seu SSD BLue SN550 sem fazer qualquer anúncio, penalizando os utilizadores que esperariam obter um nível de desempenho que agora deixou de poder ser atingido. No caso da Samsung, parece que estamos perante a troca do controlador nos seus 970 EVO Plus que, infelizmente, acaba por ter efeito idêntico.

Tal como no WD, as coisas parecem manter-se completamente normais, até ao momento em que se faz uma cópia ou operação que ultrapasse o limite da memória SLC mais rápida usada como cache.
Quando isso acontece, os SSD 970 EVO Plus originais baixam para uma velocidade de escrita de 1.58 GB/s, mas os modelos actualizados com o novo controlador ficam-se pelos 841 MB/s, metade da velocidade.

Também neste caso a culpa será da escassez dos chips, fazendo com que a Samsung não consiga garantir o fornecimento dos controladores utilizados, e tendo que recorrer a um fornecedor alternativo - que infelizmente vem acompanhado por este decréscimo do desempenho; uma quebra que a Samsung já deveria saber que não iria passar despercebida por muito tempo, e que teria justificado que o seu SSD fosse claramente identificado como sendo uma versão diferente dos SSDs originais, para que os consumidores não comprem "gato por lebre".

3 comentários:

  1. A ideia é precisamente essa, vender gato por lebre. Pelo menos a UE devia obrigar nestes casos a ter no pacote qual a velocidade máxima e mínima para quando acabar a cache. Também está controladores costumam ter menos IOP, o que devia estar na caixa também.

    A UE devia autorizar a mudar componentes mas só se forem 100% similares em performance, o que não é o caso. Não tem mais? Muda a designação.

    ResponderEliminar
  2. É vergonhoso, é mesmo vender gato por lebre...

    ResponderEliminar
  3. Que jogada tão baixa.

    Em pleno século da informação, estas empresas dão-se ao luxo de tratar os clientes de forma tão indecente?

    Inadmissível.

    ResponderEliminar

[pub]