2021/08/14

Solo marciano não "cooperou" com recolha de amostra

Os cientistas acreditam já ter percebido o que se passou com a recolha falhada da amostra do solo marciano pelo rover Perseverance.

Há alguns dias, e depois de uma série de sucessos em testes complicados (incluindo o helicóptero que se tem comportado acima de todas as expectativas), o rover Perseverance sofreu um revés na sua primeira tentativa de recolher uma amostra do solo marciano. O processo de perfuração e recolha foi executado na perfeição, mas quando olharam para o tubo que deveria ter a amostra, viram que o tubo estava vazio.

Mas depois da surpresa inicial, os cientistas acham que já sabem o que se passou.
Uma vez que todo o processo foi executado sem qualquer erro, os cientistas da NASA entraram em modo de "detective" para tentarem perceber o que se tinha passado com a amostra, e os resultados estavam à vista, embora não da forma esperada. Já tinha ficado claro que a amostra do solo marciano não estava no tubo em que deveria ficar guardado para recolha e regresso à Terra por uma futura missão - mas a resposta foi dada pelas imagens do próprio furo, que revelaram que por lá permanecia maior volume de material do que deveria ter se a amostra tivesse sido recolhida. Ou seja, o solo marciano "desintegrou-se" e impediu que a recolha das rochas fosse realizada como era previsto.

O solo marciano está a revelar-se mais complicado do que se imaginava, e arrisco-me a dizer que começará a ser "odiado" por alguns dos responsáveis da missão - tal como já tinha acontecido com a sonda InSight.

1 comentário:

  1. Já não deve chover ali há algum tempo e os materiais não fazem o aglomerado com a devida consistência :P

    ResponderEliminar

[pub]