2021/08/25

Wing da Google já fez 100 mil entregas voadoras

A Wing, empresa de entregas usando drones autónomos que pertence à Google / Alphabet, diz ter atingido as 100 mil entregas aéreas.

Embora muitas empresas se tenham aventurado nesta promessa de entregas rápidas e feitas de forma autónoma, a verdade é que poucas são as que têm mostrado resultados. Algumas delas já ficaram pelo caminho, e outras têm cortado nos projectos, revelando falta de confiança nos mesmos. Mas a Wing parece estar empenhada em tornar a promessa realidade, e o marco das 100 mil entregas é sinal disso.
Por agora a Wing está a realizar programas piloto na Austrália, EUA e Finlândia, com o maior sucesso a ser (sem surpresas) na Austrália, responsável por mais de 50% das entregas feitas.

Os clientes do serviço podem pegar na app e escolher os produtos que desejam, de entre uma selecção que inclui coisas como vegetais, café, bolos, comida para animais, etc. e os produtos serão deixados à sua porta em menos de 10 minutos - com o recorde a ser uma entrega feita em apenas 2 minutos e 47 segundos. Os drones da Wing evitam a complicação de ter sítio para aterrar, em vez disso us fazendo descer o pacote das entregas usando um cabo, e largando-o no solo.

Claro que mesmo assim, há que garantir as condições para o ponto de entrega, sem árvores, cabos eléctricos, ou outros obstáculos que inviabilizem a entrega aérea. Ainda assim, pode servir como indicador do que serão as compras online no futuro, com "entrega imediata".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]